sábado, 24 de junho de 2017

O BLOG ESPAÇO MILITAR E A AMESE PARABENIZAM OS POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES PELO SEU DIA.


Arte do chargista Clécio Barroso para a PMSE

GESTO DE SOLIDARIEDADE E GRANDEZA: COMANDANTE GERAL DA PMSE VISITA MILITARES EM RECUPERAÇÃO.


O comandante geral da Polícia Militar do Estado de Sergipe, coronel Marcony Cabral, visitou nessa sexta-feira, 23, véspera de São João, dois militares, que em virtude de combate contra criminosos, encontram-se em recuperação e tratamento pós-cirúrgico. A ação do comando tem o intuito de valorizar o bem mais precioso na corporação que são os próprios militares.

Durante o período da tarde, o comandante visitou no Hospital de Urgências de Sergipe (HUSE), o sargento Assis, baleado em uma tentativa de assalto a um ponto comercial no município de São Cristóvão. O coronel Marcony prestou solidariedade ao sargento que este ano completa 26 anos de serviços prestados a PMSE e se recupera de uma delicada cirurgia no abdômen.

Em seguida o comandante foi até a residência do sub-tenente Franklyn, que convalesce de uma cirurgia no joelho. Na ocasião, o coronel também agradeceu ao sub-tenente os anos de serviços prestados e se colocou a disposição para qualquer necessidade.

Fonte e foto:  PMSE

Nota do blog:  Mais uma vez o blog Espaço Militar faz questão de parabenizar o Comandante Geral da PMSE, Coronel Marcony, pelo gesto de solidariedade e grandeza para com seus comandados, visitando os mesmos que estão convalescendo de enfermidade, valorizando-os no momento difícil pelo qual passam e mostrando o apoio do seu Comandante. O blog também tomou conhecimento de que o Comandante do CPMC, Tenente-Coronel Vivaldy, se fez presente à visita e o parabenizamos também de igual modo.

SEGUNDO PESQUISA, FORÇAS ARMADAS LIDERAM CONFIANÇA DA POPULAÇÃO, ENQUANTO O CONGRESSO TEM DESCRÉDITO.


As Forças Armadas são a instituição em que a população brasileira mais confia, segundo o Índice de Confiança na Justiça, produzido pela Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas e divulgado hoje (28). Segundo o índice, 59% dos entrevistados disseram confiar nas Forças Armadas.

Atrás das Forças Armadas, em sequência, estão a Igreja Católica (57%), a imprensa escrita (37%), o Ministério Público (36%), as grandes empresas (34%) e as emissoras de TV (33%). Para o índice, foram entrevistadas 1.650 pessoas residentes nas capitais e regiões metropolitanas do Distrito Federal, Amazonas, Bahia, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo durante os primeiros seis meses deste ano.

Apenas 29% do total de entrevistados acredita no Poder Judiciário e 25% na polícia, seguido pelos sindicatos (24%) e redes sociais (23%). A Presidência da República é acreditada por apenas 11% da população, o Congresso Nacional por 10% e os partidos políticos por 7%.

Para Luciana de Oliveira Ramos, coordenadora do estudo, a piora no desempenho da Presidência, dos partidos e do Congresso, embora estes sempre se apresentem com índices baixos de confiança, se deve ao contexto político do período. “A ampla exposição do funcionamento dessas instituições na mídia seguramente provocou um impacto negativo na avaliação da população”, disse ela.

Judiciário

O Índice de Confiança na Justiça foca principalmente na confiança da população no Judiciário. Em uma escala de 0 a 10, a nota recebida por este Poder no primeiro semestre deste ano foi 4,9 pontos.
O questionário perguntou também aos entrevistados qual a percepção de honestidade dos agentes da lei. Para metade dos entrevistados (50%), os juízes são honestos, enquanto 46% responderam o mesmo para os policiais e 41% para os advogados.

A maioria dos entrevistados (74%) também disse que as pessoas devem seguir a lei, mesmo quando a mesma é contrária ao que elas acreditam serem correto e 56% acreditam que uma pessoa deva seguir a ordem dada por um policial, mesmo discordando dele.

A pesquisa também apontou que 81% das pessoas ouvidas acham que, sempre que possível, as pessoas dão um “jeitinho” de não seguirem as leis e 76% responderam que é fácil desobedecer a lei no país.

Fonte:  Agência Brasil

ÔNIBUS DA FORÇA NACIONAL SE ENVOLVE EM ACIDENTE NA BR-040 EM JUIZ DE FORA/MG.

Veículo saiu da pista e capotou no canteiro central. Oito pessoas ficaram feridas. Equipes de Bombeiros, PRF, Samu e Concer atendem a ocorrência.

Ônibus da Força Nacional capota na BR-040 em Minas Gerais (Foto: Augusto Medeiros/G1)

m ônibus da Força Nacional se envolveu em um acidente na manhã deste sábado (24) no Km 789 da BR-040, próximo ao Expominas, em Juiz de Fora. O veículo seguia no sentido Rio de Janeiro-Brasília quando foi fechado por um carro de passeio. O motorista perdeu o controle da direção e capotou.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, oito pessoas ficaram feridas, uma delas em estado grave, e foram removidas por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Emergência (Samu) e do Concer, concessionária responsável pelo trecho Juiz de Fora-Rio de Janeiro.

De acordo com informações da Secretaria de Saúde, os dois feridos encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte foram avaliados e liberados. Outras cinco vítimas seguem estão sendo atendidas no Hospital de Pronto Socorro (HPS) e estão estáveis. O outro paciente sofreu uma fratura exposta no tornozelo e está sendo avaliado para passar por cirurgia.

Ao todo, 15 pessoas estavam no ônibus, sendo 13 passageiros e dois condutores. A equipe da Força Nacional retornava do Rio de Janeiro, onde trabalhava escoltando uma missão de combate ao roubo de cargas.

O ônibus ficou tombado no canteiro central e a área isolada para que os policiais realizassem buscas de armamento, munição e equipamentos. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) atendeu a ocorrência e o tráfego já está normalizado.

Ônibus da Força Nacional ficou tombado no canteiro central (Foto: Augusto Medeiros/G1)

Fonte:  G1 Zona da Mata-MG

Mais fotos do acidente:



PRESIDENTE DO STF SUSPENDE PAGAMENTO AOS SERVIDORES ATÉ O ÚLTIMO DIA DE CADA MÊS.


A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, concedeu liminar para suspender decisões do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ-RN) que determinavam o pagamento dos vencimentos dos servidores do Estado até o último dia de cada mês. Segundo o entendimento adotado pela ministra na Suspensão de Segurança (SS) 5163, a gravidade “exponencial” da situação financeira e fiscal do estado justifica a adoção de medidas transitórias e excepcionais, como o fracionamento do pagamento dos servidores públicos.

A ministra verificou no caso a plausibilidade da alegação do governo do Estado de que a manutenção das decisões questionadas colocam em risco a ordem e a economia públicas. Embora observando ser indiscutível que os vencimentos e proventos têm natureza alimentar, a ministra ressaltou, no entanto, que está evidenciada situação de colapso financeiro desencadeado pelo momento de turbulência econômica e acentuada frustração de receitas projetadas nas leis orçamentárias anuais. Tal situação, a seu ver, sinaliza a necessidade de adoção de esforço comum e coordenado para a superação do quadro.

“Não há como o Poder Judiciário desconhecer a contingência estadual condutora do atraso no pagamento dos vencimentos”, afirmou a ministra. Ela apontou também que a situação do Rio Grande do Norte é de comprovado desequilíbrio entre receitas e despesas, conforme documentos apresentados pela administração local. Para Cármen Lúcia, a providência relativa aos pagamentos de servidores mostra-se transitória e excepcional, tendo por fim equalizar desembolsos e ingressos e preservar a atuação do estado em áreas prioritárias. “Nesse juízo precário, decorrente do exame preliminar do caso, demonstra-se a excepcionalidade e insuperabilidade momentâneas do quadro econômico-financeiro atual do Estado, a justificar a adoção de medidas extraordinárias exigidas”, assinalou.

A decisão também considerou desproporcional a imposição de multa ao governador em caso de descumprimento das ordens emanadas do TJ estadual , o que “não parece ser legal nem razoável, juridicamente”.

Pedido

A ação no Supremo foi ajuizada pelo Estado do Rio Grande do Norte, representado por seu procurador-geral, contra decisões nas quais o TJ-RN, no âmbito de sete mandados de segurança impetrados por entidades de classe de servidores, determinou o pagamento dos salários até o último dia útil de cada mês, conforme disposto no artigo 28, parágrafo 5º, da Constituição estadual. O estado alega que as decisões causam grave lesão às finanças públicas, uma vez que é inevitável o escalonamento dos pagamentos do funcionalismo.

Fonte:  STF

Nota do blog:  Como perguntar não ofende, será que a presidente do STF e demais Ministros da Corte Superior recebem seus salários com atraso e parcelados?

NESTA SEGUNDA, DIA 26, A JORNALISTA IANE GOIS FAZ SUA ESTREIA NO PORTAL SERGIPENET.



Nesta segunda-feira (26) o portal sergipenet.com.br receberá em sua equipe a jornalista itabaianense Iane Gois, profissional já conhecida no estado pelos textos precisos e informações certeiras quanto aos furos de reportagem.

A comunicóloga, que por dois anos atuou como jornalista no portal Itnet, manteve o nome em evidência e ganhou ainda mais reconhecimento nos últimos meses com a estreia de uma fanpage no Facebook, intitulada Jornalista Iane Gois, na qual manteve o exercício profissional sempre pautado na ética e imparcialidade.

O blog, que há muito já é parceiro da referida profissional, desde já parabeniza pela merecida conquista e, em nome de toda a classe militar, agradece o apoio irrestrito sempre direcionado à categoria.

Matéria do blog Espaço Militar

POLICIAIS DO BPRp APREENDEM REVÓLVER NO BAIRRO JOSÉ CONRADO DE ARAÚJO, APÓS CONFUSÃO NO TRÂNSITO.


O Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) prendeu em flagrante João S. Filho, 23,  por volta das 04h00, deste sábado, 24, por posse ilegal de arma de fogo, na Rua Manoel Valentim Pinheiro, bairro José Conrado de Araújo.

A equipe Leão Operações  foi acionada por populares acerca de uma confusão no trânsito, envolvendo condutores, sendo que um destes, sacou um revólver e ameaçou os envolvidos.

Após diligências, a equipe localizou o suspeito e apreendeu um revólver cal. 38 mm com 05 munições, sendo 02 deflagradas que estava dentro do veículo.

O caso foi encaminhado para Delegacia Plantonista.

Fonte e foto:  BPRp

GOVERNO TEMER TEM APROVAÇÃO DE 7% E REPROVAÇÃO DE 69%, DIZ DATAFOLHA.

Índice dos que consideram o governo regular fica em 23%. Instituto ouviu 2.771 pessoas nos últimos dias 21 e 23 de junho.


Pesquisa do instituto Datafolha divulgada neste sábado (24) pelo jornal "Folha de S.Paulo" mostra os seguintes percentuais de avaliação do governo do presidente da República, Michel Temer (PMDB):

Ruim/péssimo: 69%

Regular: 23%

Ótimo/bom: 7%

Não sabe: 2%

O Datafolha ouviu 2.771 pessoas nos dias 21 e 23 de junho de 2017. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Em abril, a pesquisa anterior do Datafolha sobre a aprovação do governo Temer apontou que 9% o consideravam bom ou ótimo; 61% o consideravam ruim ou péssimo; e 28% avaliavam o governo como regular.

Fonte:  G1

BPRp PRENDE DOIS INFRATORES POR FURTO A VEÍCULO NO CENTRO DA CAPITAL.


O Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) prendeu em flagrante Alexandre Silva, 21 e um adolescente, 17,  por volta das 15h00 desta sexta, 23, por furto à veículo nas imediações do Mercado Municipal no Centro.

Uma equipe do BPRp foi acionada pelo CIOSP, constatando que  durante a aproximação aos suspeitos, Alexandre escondeu um aparelho celular, Iphone, sobre o pneu de um veículo, como também, após diligências, a  vítima do furto compareceu ao local, constatando o arrombamento e subtração do celular.

O caso foi encaminhado para a 2ª Delegacia Metropolitana.

Fonte:  BPRp

sexta-feira, 23 de junho de 2017

2ª CIA/7º BPM CUMPRE MANDADO DE PRISÃO EM SIMÃO DIAS, EM DESFAVOR DE HOMEM ACUSADO DA PRÁTICA DE HOMICÍDIO.


Por volta das 22h20min desta quinta feira, dia 22,  policiais militares da 2ª Companhia do 7º BPM (Simão Dias) , que tem como Comandante o Tenente Coronel Kleberson Pinheiro,  cumpriram mandado de prisão expedido pela Comarca de Simão Dias, contra Hygor Ribeiro dos Santos, 20 anos, acusado do crime de homicídio simples praticado na cidade.

A ação policial ocorreu quando a guarnição composta pelo 3° Sgt Roberto, Cabo Lima e Soldados Oliveira Santos e Conrado, de posse do referido mandado, montaram "campana" para efetuar a prisão do acusado, que estava em uma residência na Rua Limoeiro,  próxima à DESO.

Ao sair da residência,  o acusado foi preso pelos militares e encaminhado à Delegacia de Simão Dias onde está custodiado à disposição do Juízo da Comarca.

Fonte e foto:  7º BPM

BATALHÃO DE RADIOPATRULHA PRENDE HOMEM POR TRÁFICO DE DROGAS NO BAIRRO PONTO NOVO.


O Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) prendeu em flagrante Damião dos Santos Rodrigues, de 55 anos, por tráfico ilícito de drogas, na Invasão do Bananal, no Bairro Ponto Novo.

Uma equipe do BPRp realizava rondas pelo bairro, e quando entrou na favela do Bananal, o infrator Damião dos Santos, ao avistar a viatura, saiu correndo para dentro de uma residência. Diante da atitude suspeita, os policiais entraram na casa e, na abordagem, encontraram com Damião 147 pedras de maconha embrulhadas em papel alumínio.

O caso foi encaminhado para a Delegacia Plantonista Sul.

Fonte e foto:  BPRp

2ª CIA/7º BPM RECUPERA MOTOCICLETA QUE FOI ROUBADA NO CENTRO DE SIMÃO DIAS.



Por volta das 13 : 30 h desta quinta feira, dia 22 de junho,  policiais militares da 2ª Companhia do 7º BPM (Simão Dias), que tem como Comandante o Tenente Coronel Kleberson Pinheiro, recuperaram uma motocicleta Honda CG 125,  TITAN, de placa KM 2926, na estrada que dá acesso ao Povoado Brinquinho.

A ação policial ocorreu quando a guarnição composta pelo 3° Sgt Roberto e Soldado Oliveira Santos receberam denúncia anônima, via 190,  dando conta que havia uma motocicleta abandonada na referida localidade.

Diante disso, os militares foram ao local e constataram a veracidade do fato, vindo a conduzir o citado veículo para a Delegacia de Simão Dias, onde foi constatado que a motocicleta havia sido roubada no Centro de Simão Dias no último dia 18 de junho.

Fonte e fotos:  7º BPM

CORPO DE BOMBEIROS ORIENTA A POPULAÇÃO PARA O USO DE FOGOS DE ARTIFÍCIO.



Fonte:  Jornal do Estado/TV Atalaia

4º BATALHÃO APREENDE ARMA DE FOGO NA ÁREA DA FAIXA NA DIVISA COM A BAHIA, EM CANINDÉ.


Ainda com relação a ocorrência que envolveu a troca de tiros com guarnições do 4° BPM, na noite de ontem (22/06/17) as guarnições Cardeal Comando e Canário 03, conseguiram apreender uma escopeta cal 12 a qual pertencia ao suspeito Erinaldo Meneses de Andrade,  vulgo  "Bado".

A apreensão que se deu na área da Faixa na divisa com a Bahia, foi possível após informações da Delegacia de Canindé sobre a possível localização da arma de fogo. Quando da chegada das guarnições, familiares já haviam retirado o armamento da residência, sendo o mesmo encontrado em local próximo. O porte desse armamento seria uma característica de "Bado", juntamente com a utilização do revólver que fora apreendido no confronto que ensejou a ocorrência.

A escopeta foi encaminhada à Deplan de Canindé para a adoção das medidas pertinentes.

Fonte e foto:  4º BPM

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO REAFIRMA COMPETÊNCIA DA POLÍCIA JUDICIÁRIA MILITAR EM JULGAMENTO HISTÓRICO.


Terminou o julgamento do mérito do Habeas Corpus 2621/2017 impetrado pela Defenda-PM em favor do Maj PM Márcio Cortez Maya Garcia, sendo acolhido por unanimidade pelo Pleno do Tribunal de Justiça Militar.

O resultado do julgamento histórico garante salvo conduto ao Oficial – extensivo aos demais – para exercer sua função constitucional sem ser coagido por uma resolução ilegal do Secretário da Segurança Pública.

Na sustentação oral, o advogado Cel PM Elias Miler da Silva – presidente da Defenda-PM – disse que o Maj PM Márcio Cortez Maya Garcia está “na iminência de ter instaurado contra si procedimento administrativo disciplinar em razão de suposta transgressão disciplinar pelo descumprimento de ordem do Secretário da Segurança Pública”.

Alegou, ainda, prática de ato inerente a sua função de Polícia Judiciária Militar garantido pelo Artigo 144, parágrafo 4º da Constituição Federal. “Há três resoluções do SSP que interferem na Polícia Judiciária Militar”, contrariando inclusive provimento editado pelo TJM, explicou.

O julgamento atraiu o interesse de policiais militares de todo o país. Além de oficiais da PMESP, estiveram no TJM oficiais das policiais militares de Santa Catarina, do Distrito Federal, de Minas Gerais, de Goiás e do Maranhão. O deputado federal Major Olímpio também esteve presente.

Resoluções

Depois de decisão do próprio Tribunal de Justiça Militar, a Secretaria de Segurança Pública editou duas resoluções (45/2011 e 40/2015 – ((I – homicídio consumado de policiais civis, militares, integrantes da Polícia Técnico-científica, agentes penitenciários, guardas civis municipais e agentes da Fundação CASA, no exercício da função ou em decorrência dela; II – morte decorrente de intervenção policial estando ou não o agente em serviço.)) determinando que todas as ocorrências deverão ser registradas e investigadas pela DHPP.

Em seu voto, acompanhado pelos demais julgadores, o relator, juiz Cel PM Orlando Eduardo Giraldi, disse que o Tribunal reconhece a competência do julgamento de crimes dolosos contra a vida pelo Tribunal do Júri, mas isso não se estende à investigação, que deve prosperar na esfera da Polícia Judiciária Militar. Compete a esta a investigação, conforme já decidido pelo Pleno do TJM; depois de encerrado, o inquérito deve ser enviado para o Tribunal do Júri.

Ao finalizar o voto, o relator disse considerar “inconstitucionais” as resoluções editadas pela Secretaria da Segurança Pública, que não tem competência para tal.

Manifestações

O juiz Paulo Adib Casseb, em seu voto, disse que mais uma vez o Executivo atropela sua função, passando por cima da Constituição. Ele ressaltou a competência exclusiva da Polícia Judiciária Militar na apuração de infrações penais cometidas por militares

O juiz Cel PM Clóvis Santinon disse que o Inquérito Policial nem deveria ser feito, pois trata-se de peça jurídica de competência da Polícia Judiciária Militar.

O juiz Cel PM Fernando Pereira disse que não há forma diferente de agir porque, se assim fosse, a Polícia Judiciária Militar estaria contrariando a Constituição. “Surpreende a Polícia Civil insistir nesta tese”, finalizou.

O juiz Paulo Prazak disse que as resoluções editadas pela Secretaria da Segurança Pública são inadmissíveis. “Sabemos da competência dos oficiais da Polícia Militar designados para presidir um IPM, que são peças pautadas pela transparência e pela absoluta legalidade”, elogiou.

O juiz Cel PM Avivaldi Nogueira Jr, decano da Corte, disse que a Polícia Judiciária Militar não deve enviar o inquérito para a Justiça Comum de imediato. “Não somos protocolo da Justiça Comum”, explicou.⁠⁠⁠⁠

Fonte:  Defenda PM

GETAM PRENDE HOMEM ACUSADO DE HOMICÍDIO.



Fonte:  Cidade Alerta Sergipe/TV Atalaia

DIÁRIO OFICIAL PUBLICA DECRETO TORNANDO SEM EFEITO AGREGAÇÃO DE TENENTE-CORONEL.


Jackson Barreto Faz Justiça – E foi publicada no Diário Oficial o decreto do governador Jackson Barreto tornando sem efeito a agregação do Tenente-Coronel Chaves. Com a agregação ele não teria possibilidade de assumir o comando da PMSE.

Conduzido ao erro - Como o blog já tinha divulgado, Jackson foi conduzido ao erro e, quando soube, teve o apoio do secretário da SSP, João Eloy, que também não sabia do ocorrido, para tornar sem efeito o decreto.

Familiares – No meio dos oficiais da PM a armação foi preparada por dois familiares do comando que concorrem a promoção. E a agregação de Chaves era para tirar do caminho um homem de confiança, inclusive de João Eloy.

Sentindo-se traído – Com isso foi providenciada, com o apoio decisivo da SSP, o ato tornando o decreto de agregação sem efeito. E de forma arrasadora, o novo decreto cancela todos os efeitos do anterior, mostrando quem efetivamente manda na SSP.

Não se tornará Prado - Está ação também mostra que João Eloy não está disposto a se tornar um "Mendonça Prado nas mãos de Iunes". Foi uma desmoralização para o  comando da PMSE. Esqueceram de combinar o decreto como chefe...

Chaves deve retornar a PM – Para não ter problemas de descumprimento da legislação, Chaves deve retornar para a PMSE e deixar o cargo de adjunto da Secretaria de Justiça. Assim acaba a polêmica.

Convocar coronéis para o comando – o blog soube que o governador e o comando da SSP não aceitaram a proposta de alguns poucos de convocar coronéis da reserva para o comando da PM. A lei não permite seria o retrocesso com interesses escusos.

Fonte:  Blog do jornalista Cláudio Nunes

1ª CIA/4º BPM TROCA TIROS COM HOMEM SUSPEITO DE CHEFIAR UMA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA NA ZONA RULA DE CANINDÉ DE SÃO FRANCISCO, QUE NÃO RESISTE AOS FERIMENTOS E VAI A ÓBITO.


Uma onda de assaltos na zona rural de Canindé de São Francisco estava incomodando a população local. Após algumas dessas ações criminosas a Subagência de Inteligência do 4º BPM efetuou diversos levantamentos na área do Assentamento Cuiabá, Povoado Capim Grosso e Curituba a fim de inibir futuras ações delituosas e identificar uma possível organização criminosa. Esses levantamentos foram subsidiados pelas investigações oriundas da Delegacia de Polícia de Canindé que tem sido fundamental nos planejamentos de operações conjuntas. 

A partir desses levantamentos operações passaram a ser desenvolvidas nessas áreas de maior registro no município, através de ações pontuais realizadas com saturação do policiamento e/ou bloqueios nos locais. 

Na data do dia 22/06/17 ao efetuar mais um levantamento na área, a equipe da Inteligência identificou um dos possíveis suspeitos na região conhecida como ‘Faixa’ e foi solicitado apoio da guarnição Canário 03 (Tático Rural) para tentar abordar o suspeito. 

Ao localizar novamente o suspeito conhecido como ‘Bado’, foi feita uma barreira na tentativa de aborda-lo. Ao se aproximar, foi dada voz de parada tendo o mesmo encostado a motocicleta Broz de cor preta, de imediato o membro da guarnição ao verificar um volume na cintura e ao avisar desta condição aos demais policiais, o mesmo sacou da arma e efetuou disparos, sendo de pronto revidada a injusta agressão pela guarnição também com disparos que vieram a atingi-lo cessando seu intento, de pronto ao se verificar sinais vitais presentes fora colocado na viatura e conduzido para o hospital para prestação do socorro.    

O indivíduo foi identificado como Erinaldo Meneses de Andrade, vulgo ‘Bado’. Com o mesmo foi encontrado um revolver calibre .38 com seis munições, sendo duas deflagradas e quatro intactas e uma motocicleta NXR Broz preta, de placa NVI 2420. 

Das ações criminosas

Bado era suspeito de chefiar uma organização criminosa que age na zona rural de Canindé de São Francisco e do município baiano de Santa Brígida, e neste último município foi indiciado no começo de Julho do ano de 2014, pelo homicídio de Cláudio Felix dos Santos no Povoado Minuim. 

De acordo com registros na Delegacia de Canindé e com informações colhidas nas localidades estima-se que desde começo do ano de 2017 esta organização criminosa tenha arrecadado mais de 200 mil reais em suas ações delituosas, entre elas está o roubo de animais, veículos e emboscadas a comerciantes da região. 

A arma de fogo e os objetos apreendidos foram encaminhados a Delegacia de Canindé de São Francisco para a tomada das providências cabíveis.

Fonte e foto:  4º BPM

quinta-feira, 22 de junho de 2017

11º BATALHÃO PRENDE TRAFICANTE NA REGIÃO CENTRO-SUL DO ESTADO.


Na tarde desta quinta-feira(22), policiais do 11º Batalhão de Polícia Militar, através de denúncias anônimas, chegaram até um dos traficantes mais procurados dos municípios Tobias Barreto e Poço Verde, o indivíduo detido foi identificado como Jeovaldo de Souza Araújo, 55 anos. Com ele foi encontrado mais de meio quilo de cocaína, com uma balança de precisão e R$ 4 mil.

Na prisão, o traficante tentou negar a origem do dinheiro, alegando ser da venda de cabeças de gado, porém, sua parceira que estava no local negou a versão, dizendo que ele jamais havia negociado com animais.

O flagrante foi realizado em uma casa, em frente a uma praça do povoado Ladeira, no município de Poço Verde e ambos foram conduzidos à delegacia da cidade de Tobias Barreto.

Fonte e foto: 11º BPM

2ª CIA/3º BPM PRENDE HOMEM POR PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO EM FREI PAULO.


Nesta quarta-feira, 21, policiais lotados na 2ª Companhia do 3º Batalhão de Polícia Militar (2ª Cia/3º BPM) localizada no município de Frei Paulo, Agreste do estado, prenderam Evaldo Souza de Oliveira, 37 anos de idade, por porte ilegal de arma de fogo.

Mediante a colaboração da comunidade do município que denunciou aos policiais o fato de o suspeito estar armado nas imediações de um bar no Povoado Alagadiço, o sargento Valdson e o cabo S. Marques se deslocaram até o local, e flagraram o denunciado com um revólver calibre 38 e quatro munições intactas.

Por consequência, os policiais encaminharam o caso para a Delegacia de Frei Paulo.

Fonte e foto:  PMSE

JUSTIÇA LIBERTA VEREADOR DE SOCORRO.


Na audiência de custodia, nesta quinta-feira, 22, a Justiça soltou o vereador José Hilton Motos (PDT), de Nossa Senhora do Socorro, preso na noite de ontem pela Polícia Rodoviária Federal.

Segundo a PRF, o vereador ¨foi detido com veículo roubado¨.

A informação é do radialista Alex Henrique.

Fonte:  NE Notícias

EM 48 HORAS, GUARDA MUNICIPAL DE SOCORRO RECUPERA VEÍCULO ROUBADO E APREENDE 3 SIMULACROS DE ARMA DE FOGO.





Na noite desta quarta feira (21), a Guarda Municipal de Nossa Senhora do Socorro (GMS), através do Grupamento ROPE (Ronda Operacional), recuperou um veículo tomado de assalto na mesma noite, no loteamento Piabeta.

A guarnição encontrou um veículo Gol, cor branca, placa QKR 1628, abandonado no Conjunto Jardim Mariana, durante patrulhamento preventivo de rotina. O mesmo estava com as portas abertas, sem chave, sem acessórios, step e sem as placas.

Dentro do veículo os GMs encontraram o documento do veículo, através deste e após conferência do número do chassi, foi possível identificar a placa citada acima. Também foi feito o contato com possíveis donos do veículo, após a Guarnição encontrar contatos telefônicos no veículo, para comunicar que o carro foi encontrado e confirmar algumas informações.

O veículo foi levado para a 3° DEPLAN, onde foi entregue para as autoridades competentes para serem tomadas as medidas cabíveis.

Na noite da terça feira (20), foi deflagrada mais uma Operação "Praça Limpa"
A GMS concentrou as ações nos Conjuntos Albano Franco, Fernando Collor e Marcos Freire II.

Durante esta operação foram apreendidos 3 simulacros de arma de fogo e uma pequena quantidade de entorpecentes.

Os cidadãos que estavam em posse destes materiais são menores, estes foram levados para os responsáveis e entregues aos mesmos, mediante termo de entrega e sem nenhum tipo de lesão.

É a GMS trabalhando, servindo e protegendo seu maior bem, o cidadão socorrense.

Fonte: Ascom GMS

BPRp RECUPERA VEÍCULOS ESCONDIDOS EM NOSSA SENHORA DO SOCORRO.

Foto de um dos veículos recuperados

Na tarde dessa última terça-feira, 20, policiais militares do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) localizou dois veículos roubados e escondidos em um terreno, na Invasão das Vassouras, no Conjunto Albano Franco, município de Nossa Senhora do Socorro.

Por volta das 17h, em patrulhamento pela localidade, uma equipe do BPRp foi solicitada por um cidadão que informara sobre dois veículos abandonados nesse terreno baldio do Conjunto Albano Franco. O popular também informou que o terreno é murado, com um único portão de acesso.

Os militares foram verificar e conseguiram visualizar, por cima do muro, os dois carros, um Fiesta, de cor prata, placa JMX-8417, que foi constatado restrição de roubo/furto, e um Punto, de cor cinza, que teve a placa adulterada para IAM-5147, que pertencia a um carro do mesmo modelo. Após consulta do chassi pelo sistema Ciosp, constataram que a placa original é IAJ-3756. Esse veículo Punto havia sido roubado no dia 4 deste mês, em Aracaju, no Bairro Industrial.

Os policiais entraram no terreno e solicitaram o guincho da Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran) para conduzir os veículos à Delegacia Plantonista Norte. Foi feito o contato aos seus respectivos proprietários para ser feita a devolução dos carros.

Fonte e foto:  BPRp

SEM REGIME SEMIABERTO, SISTEMA PRISIONAL É FALHO.

Basta cumprir pequena parte da pena para ganhar a liberdade


O sistema prisional e carcerário de Sergipe apresenta graves falhas em sua estrutura. Uma delas envolve diretamente pessoas condenadas pela Justiça que são postas em liberdade pela falta de estrutura para o cumprimento de regime semiaberto no Estado. A Secretaria de Estado da Justiça (Sejuc) afirma a não existência do regime semiaberto em Sergipe, e o promotor de Justiça da 1ª Promotoria do Tribunal do Júri da Comarca de Aracaju, Djaniro Jonas, revela que muitos dos homens presos voltam a praticar novos delitos quando são soltos, porque a função de ressocialização não tem alcance, assim como também a função de punição não está tendo. 


O promotor Djaniro Jonas explica que a realidade vivenciada diariamente pelo sistema tem sido um verdadeiro problema tanto para a sociedade, como para os operadores do direito. “A impressão que dá é que o crime compensa. Porque se é estipulada uma pena, e os condenados sabem que cumprindo uma pequena parte desta pena ele estará em liberdade, ele pode voltar a praticar aquele crime. Isso é recorrente, inclusive”, afirma Dr. Djaniro. 

Diante da lei de execuções penais, os presos que cumprem penalidade têm deveres e também direitos. Por exemplo, a lei prevê que ao ser cumprido 1/6 da pena, o preso pode progredir de regime (fechado, semiaberto, aberto), mas, isso não quer dizer que ao ser julgado, condenado e não couber mais recursos, esse preso vai iniciar o seu cumprimento de pena no regime fechado. A depender do total da pena, ele pode iniciar no regime semiaberto. Porém, um condenado à regime semiaberto não poderá cumprir a sua penalidade nesta condição em Sergipe, já que o estado não tem este tipo de regime.

“O que acontece é que onde atuamos, crimes dolosos contra a vida, como homicídio, por exemplo, os presos são condenados ao regime fechado. Porém, uma vez cumprida parte da pena, ele é posto em liberdade, porque não existe vaga no sistema prisional de Sergipe para o regime semiaberto. Quando não se trata de um crime hediondo como, por exemplo, roubo de celular, as penas ficam em média em torno de cinco a seis anos de prisão. Quando é assim, o acusado quer ser julgado logo porque em caso de pena inferior a oito anos o regime aplicado é o semiaberto. Como não tem em Sergipe, ele é solto”, conta. 
De acordo com as explicações do promotor, toda pena acima de oito anos deve ser cumprida em regime fechado. Após o cumprimento de 1/6 da pena, por exemplo, um preso julgado e condenado a 12 anos de prisão, não sendo crime hediondo (homicídio qualificado), após cumprir cerca de dois anos de pena, adquire o direito de progredir de regime. Ou seja, ele sai do fechado para o semiaberto, que não existe no estado, portanto, ele vai para o regime aberto. Para crimes hediondos, se exige o cumprimento de 2/5 da pena. 

“Se o cidadão é punido a 18 anos no regime fechado, com três anos ele pode estar em liberdade. Esta é uma situação, mas existem outras. Por exemplo, a cada três dias de trabalho, ou de benefício de trabalho, realizado pelo preso, é menos um dia no cumprimento da pena, ou seja, muitas vezes o preso não chega nem a cumprir literalmente o tempo previsto”, acrescenta o promotor. 

Outra situação vivenciada são as categorias dos presos em Sergipe. Segundo o promotor Djaniro, existem três tipos de categorias: presos que foram condenados e efetivamente estão cumprindo penas; presos provisórios que estão aguardando o julgamento; e uma terceira categoria que muitos esquecem. 

“Essa terceira categoria são dos presos condenados em alguns processos, com sentença transitada e julgada, e que, no entanto, respondem a outros processos, sendo, dessa maneira, também provisórios. Existe essa terceira categoria que muitas das vezes as pessoas enquadram como presos provisórios, que na verdade eles também podem ser enquadrados como presos condenados, porque eles já têm sentença condenatória”, explica Djaniro. 

Dois exemplos de presos que foram condenados e também estão em provisória, aguardando o julgamento de outros processos: são os casos dos jovens Jean Carlos Santos Oliveira e Alex Teixeira da Silva, rivais do Bairro Santa Maria, em Aracaju. O primeiro caso citado (Jean Carlos) foi condenado a 228 anos e seis meses de prisão. “Ele praticou uma série de crimes ao qual já foi condenado, e aguarda também outros julgamentos. Ou seja, Jean Carlos, que é figura carimbada, é um preso condenado e provisório”, disse o promotor. O Alex Teixeira faz parte da mesma categoria que o Jean, sendo condenado a mais de 60 anos de prisão. Assim como esses dois casos, existem vários outros graves que estão nessa mesma condição em Sergipe, segundo informou o promotor.

“Muitos dos personagens que praticam delitos são soltos e são os mesmos que voltam a praticar delitos, porque a função de ressocialização não tem alcance, e a função, uma segunda função da pena, a de punição, também não tem esse alcance. Os provisórios acusados de roubo de celular, por exemplo, querem ser julgados, porque uma vez julgado, a pena vai ser inferior a oito anos. Sendo inferior a oito anos, o regime aplicado é o semiaberto. E existe semiaberto?”, questiona o promotor. 

“O que o cidadão faz? Muitas vezes o acusado nem pede para ouvir testemunha, ele simplesmente confessa o crime. Porque ele sabe que confessando ele vai ser sentenciado para o regime semiaberto, e como não existe, ele vai ser solto”, conclui doutor Djaniro. 

A assessoria de comunicação da Sejuc confirmou que não existe o regime semiaberto no estado. “O regime semiaberto está em discussão na construção de um presídio específico para ele. O secretário tem conversado com o governador, já tivemos reunião com o pessoal do departamento penitenciário nacional para se ter muito em breve um presídio semiaberto aqui. No regime semiaberto a pessoa teria que ter um emprego, um trabalho durante o dia, e pela noite e finais de semana ele ficaria recolhido no semiaberto. Só que a gente não tem”, disse o assessor Antonio Carlos Garcia.

Fonte:  Jornal da Cidade

GATI PRENDE HOMEM POR TRÁFICO NA BARRA DOS COQUEIROS.



Na madrugada desta quinta-feira, 22, policiais militares do Grupo de Ações Táticas do Interior (Gati) prenderam um indivíduo que comercializava drogas em sua casa, no município de Barra dos Coqueiros.

Durante uma ação de prevenção à prática de crimes, os policiais realizavam rondas ostensivas pelo Canal do Guaxinim, quando receberam uma informação anônima de que no local havia comercialização de drogas. Os militares montaram um bloqueio na área e, a partir desse momento, iniciaram uma varredura na região, que resultou na prisão de Claudomiro Alves dos Santos, de 28 anos, detido em flagrante com um tablete de maconha.

O suspeito assumiu a propriedade da droga e autorizou a entrada dos policiais em sua residência. Na busca domiciliar, além da maconha, foram encontrados na parede de um quarto, dentro de uma caixa de tomada, 24 pinos de cocaína, a quantia de R$ 535 e um telefone celular. Também foi encontrado um rolo de papel alumínio, para o embrulho de entorpecente.

Durante a ação, Claudomiro Alves foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia Plantonista Norte, juntamente com todo o material apreendido, onde foram adotadas as medidas necessárias.

Fonte e foto:  PMSE

PROJETO DO VEREADOR CABO AMINTAS QUE ISENTA COBRANÇA DE IPTU PARA PESSOAS PORTADORAS DE DOENÇAS GRAVES É APROVADO POR UNANIMIDADE NA CÂMARA DE VEREADORES DE ARACAJU.


Após o protesto do vereador Cabo Amintas (PTB) criticando a atual gestão e não votação de seus projetos, foi aprovado por unanimidade na Sessão desta quarta-feira, 21, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), o projeto de lei de número 01/2017, de sua autoria, que isenta o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), sobre imóvel integrante do patrimônio de pessoas com doenças consideradas graves ou que tenham dependentes nesta condição.

"A Casa já votou em diversos projetos que chegaram depois e este parece que ficou emperrado, assim como outros. Mas a gente não podia esperar porque essas pessoas têm pressa. Fui informado outras vezes que o projeto entraria para a votação, mas isso só aconteceu hoje”, explica.

O parlamentar reforçou que o projeto vai beneficiar muitas pessoas que necessitam de apoio. “Serão beneficiadas pessoas com câncer, cegueira, HIV e outros pacientes que enfrentam doenças consideradas graves. A população precisa de vereadores que lutem pelos direitos de todos, e não de vereadores com interesses políticos", defende.

Em maio, uma sessão da CMA contou com a presença da Organização Não Governamental (ONG), 'Mulheres de Peito', que manifestou apoio ao discurso do vereador. "Quem tem câncer, tem pressa! Estas mulheres lutam pela vida e merecem o nosso apoio”, disse Cabo Amintas no dia 9 de maio.

Fonte:  Assessoria parlamentar do vereador Cabo Amintas

VEREADOR DE SOCORRO É PRESO PELA PRF.


O vereador Zé Hilton Motos (PDT), de Nossa Senhora do Socorro, foi preso pela Polícia Rodoviária Federal por uso de carro roubado.

Na eleição de 2016, Zé Hilton foi o quinto mais votado com 1.716 votos.

O caso está sendo levado para a Delegacia Plantonista Sul.

Fonte:  NE Notícias

quarta-feira, 21 de junho de 2017

PM MANTÉM 6.000 METRALHADORAS SEM USO, DENTRO DE CAIXAS, HÁ 5 ANOS EM SÃO PAULO.

Quase 6.000 submetralhadoras Taurus compradas pela Polícia Militar de São Paulo por cerca de R$ 30 milhões (valores corrigidos) continuam dentro das caixas, sem uso, há mais de cinco anos.


O armamento, que deveria aparelhar a tropa no combate ao crime pelo Estado, teve seu emprego vetado por apresentar problemas considerados insolúveis, "como fissuras e rompimento de canos".

Esse tipo de falha pode, segundo especialistas, levar à explosão da arma e provocar ferimentos no atirador.

As armas estão estocadas em um galpão da PM na capital paulista para devolução ao fabricante. A Taurus, por sua vez, tenta um acordo com a gestão Geraldo Alckmin (PSDB) para não ter que ressarcir a polícia em dinheiro –mas com novas armas.

Procurada, a empresa não comentou as falhas das armas vendidas por ela. Informou, apenas, que "valoriza a relação com a Polícia Militar do Estado de São Paulo".

Em razão de problemas nesses contratos, firmados entre 2010 e 2011, o governo paulista decidiu impor uma sanção à Taurus, a impedindo de contratar com o Estado até outubro do ano que vem.

Esse veto levou a PM de São Paulo a conseguir autorização do Exército para abrir uma inédita licitação internacional para comprar 5.000 pistolas.40 –para emprego no policiamento do Batalhão de Choque (que inclui Rota).

ENTENDA

2010 e 2011 
> Polícia Militar de SP compra 5.931 submetralhadoras do modelo Taurus SMT-40 por R$ 30 milhões (em valores corrigidos)
> Testes da própria PM detectam falhas "como fissuras e rompimentos dos canos", e armas nem chegam a ser usadas

Dez.2015 
> Após reparos feitos pela Taurus, armas são reprovadas num segundo teste da PM, dessa vez acompanhado por peritos do Instituto de Criminalística
> Taurus oferece submetralhadoras 9 mm em substituição às.40, mas PM não aceita a proposta
> Empresa oferece novas submetralhadoras.40, mas PM as recusa novamente por falta de aval do Exército

Out.2016 
> Por causa desses problemas, governo paulista proíbe Taurus de participar de licitações com o Estado por dois anos

O que diz a Taurus 
Que valoriza a relação com a PM de São Paulo e sempre procura "atender da melhor forma as necessidades da instituição". Afirma ainda que a resolução da questão está "em fase de conclusão, com a PM-SP e a Procuradoria Geral do Estado"

CANOS

De acordo com a Polícia Militar, foram compradas 5.931 submetralhadoras modelo SMT-40 no valor na época de R$ 21,6 milhões (cerca de R$ 30 milhões atualizados pela inflação do período).

Após a constatação de problemas estruturais nas submetralhadoras, a empresa foi acionada pela PM para fazer a substituição dos lotes.

O novo armamento enviado, porém, também foi reprovado –já em dezembro de 2015– nos testes realizados pela área técnica da PM e por peritos do Instituto de Criminalística de São Paulo.

"Os resultados apontavam que as armas não estavam de acordo com as normas estabelecidas pelo Exército Brasileiro (NEB/T E-268)", diz nota da corporação à   Folha .

Após a recusa dessas armas, a Taurus chegou a propor a substituição por metralhadoras de calibre 9 mm –o que é vetado pela lei de licitações (8.666), já que a compra foi para calibre.40.

Na sequência, ainda segundo a corporação, a empresa ofereceu armas sem atestado de qualidade –também recusadas pela Polícia Militar.

"Ofereceram uma outra metralhadora, que não havia passado por testes, não tinha certificação do Exército, não tinha nada. Dissemos: não há possibilidade substituição", disse o comandante-geral da PM, coronel Nivaldo Restivo.

A Taurus tenta, segundo a PM, um acordo com o governo paulista para não ter que devolver o dinheiro. Quer entregar submetralhadoras.

Consultada, a PM diz aceitar as armas, desde que aprovadas pelo Exército. "Mas isso não substitui a proibição de licitar com o Estado", afirma o comandante-geral, em referência ao impedimento de participar atualmente da licitação internacional para a compra de pistolas.

De acordo com a Procuradoria Geral do Estado, a ação contra a Taurus para ressarcimento aos cofres públicos ainda não foi proposta.

Ela afirmou à reportagem que estão sendo levantadas "informações e documentos para completar a instrução do processo, após o que a ação poderá ser ajuizada".

Para evitar o acionamento judicial imediato, enquanto estuda proposta de acordo, o governo paulista quer um depósito judicial de 70% do valor do contrato. A empresa quer reduzir para 50% –em torno de R$ 15 milhões. "Caso as tratativas não cheguem a bom termo, o Estado ajuizará a ação judicial", diz.

FALHAS

A Taurus não comentou sobre os problemas apresentados em suas armas.

Informou, apenas, por meio de nota, que "valoriza a relação com a Polícia Militar do Estado de São Paulo" e que "sempre procura atender da melhor forma as necessidades da instituição".

Questionada se a empresa reconhecia os problemas nas armas apontados pela PM e, também, qual era explicação para que isso tenha acontecido com elas, a Taurus não se manifestou.

Anteriormente, sobre problemas nas pistolas da marca, a empresa alegava ser "alvo de uma campanha difamatória, movida por interesses comerciais e financeiros, que lança mão de informações incorretas para atingir sua reputação".

E, também, que o Exército "fez avaliação completa do processo produtivo da Taurus e de suas armas e não encontrou falhas de projeto ou fabricação que sejam responsáveis por acidentes com armas de fogo."

Sobre a negociação com o governo paulista, empresa não quis dar detalhes. "A Taurus não dará informações adicionais sobre as tratativas em curso."

Disse, apenas, que sua proposta não prevê dinheiro. "A resolução da questão das SMT [submetralhadoras] está em andamento, em fase de conclusão, com a PM e a Procuradoria Geral do Estado", finaliza a nota.

PROVIDÊNCIAS

A PM informou que não encontrou irregularidades nos procedimentos adotados por sua comissão de recebimento das armas, já que ela detectou os problemas antes da distribuição das metralhadoras à tropa. A corporação afirma também que todas as providências cabíveis foram tomadas –incluindo a sanção à fabricante.

Fonte: Folha de São Paulo/Policial BR

É FÁCIL PERCEBER A MUDANÇA!


Arte do chargista Clécio Barroso, sendo permitida a sua reprodução, sem que haja alterações.

MANIFESTAÇÃO DE RENAN SANTOS E SUBTENENTE HANIEL SANTOS NOS GRUPOS DO WHATSAPP SOBRE POSTAGEM DE MATÉRIA DO PORTAL INFONET QUE FOI REPRODUZIDA PELO BLOG ESPAÇO MILITAR.


Nobres colegas virtuais,

“ ... não é costume dos romanos entregar algum homem à morte, sem que o “acusado” possa defender-se da acusação ...” (Atos 25:16).

O dep da família militar cap Samuel está até querendo saber sobre o que vão lhe  investigar ... pois já ouviu esse “conto” há cerca de 3 anos, e até agora NADA...

O dep cap Samuel representa a luta pelos pequenos e pela família militar... luta essa que já o levou a responder vários procedimentos investigativos, que é cediço de todos. 

No mesmo renque, companheiros de luta como o Sgt Vieira, Edgar e outros passaram por esses mesmos momentos... e foram inocentados!!

Agora vamos fazer um tour pelo “Direito”: dispõe o art. 9º da Declaração de Direitos do Homem e do Cidadão que “todo acusado é considerado inocente até ser considerado culpado”. (grifei).

Essa presunção de inocência, também está assegurada na Constituição Federal, segundo a qual, “ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória” (outro grifo nosso).

Vigorante entre nós a presunção de inocência, a só existência de inquérito policial em curso, sem solução definitiva e desfavorável ao acusado, não pode ser valorada negativamente. 

É deprimente o que vou dizer, mas é a pura verdade, o enfoque apresentado no blog Espaço Militar e retratado nas redes de “whatsap”, possui cunho marqueteiro e politico e se revela configurado “inaceitável e inconstitucional contrassenso.

De mais a mais, o meu breve recado pra pegar na “jugular” dos “causídicos” de plantão: é preciso ter em mente que “... sendo o Direito uma ciência, o meio justifica o fim, e não este aquele...

A luta continua ...."

Nota do blog:  O blog Espaço Militar vem esclarecer que só transcreveu a matéria publicada pelo Portal Infonet, inclusive citando a fonte e a jornalista que fez a matéria, a qual pode ser vista no link a seguir: http://www.infonet.com.br/noticias/politica/ler.asp?id=201347. Esclarece ainda, que não teceu qualquer comentário acerca da matéria. Estamos abertos a postar qualquer nota de esclarecimento ou justificativa acerca da matéria reproduzida neste blog, feita pelo Portal Infonet.

BATALHÃO DE RADIOPATRULHA FLAGRA HOMEM COM DROGA NO BAIRRO AMÉRICA.


Nessa terça-feira, 20, policias militares do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) prenderam Diego José Santos Pinto, de 32 anos, por tráfico ilícito de drogas, no Bairro América, próximo a antiga Casa de Detenção.

Em patrulhamento pela área, uma equipe do BPRp avistou Diego José em atitude suspeita na Rua Olímpio Soares. Ao visualizar a viatura, o suspeito tentou fugir, mas foi intercptado logo a frente pelos policiais.

Diego foi abordado e com ele, foram apreendidos uma trouxa de maconha, um telefone celular e uma quantia de R$94,00 em espécie.

O indivíduo foi encaminhado à Delegacia Plantonista Sul para a realização dos devidos procedimentos.

Fonte e foto:  PMSE

MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL DÁ PARECER PARA INVESTIGAR DOIS DEPUTADOS ESTADUAIS E UM PREFEITO.

Decisão depende de desembargador relator do processo

Capitão Samuel

Jairo de Glória (Fotos: Arquivo Alese)

Padre Inaldo

Dois deputados estaduais e um prefeito de Sergipe poderão ser investigados pela Polícia Civil por suposta conduta criminal que teria sido praticada pelos acusados no exercício de mandato de deputado estadual, na aplicação de recursos públicos em contrato firmado pelos parlamentares com entidade do Terceiro Setor. O Ministério Público Estadual (MPE) já manifestou com parecer favorável à abertura de inquérito policial destinado à investigação de conduta dos deputados estaduais Samuel Barreto [o capitão Samuel - PSL], Jairo Santana [o Jairo de Glória -] e do ex-deputado estadual Inaldo da Silva, o Padre Inaldo, que atualmente exerce cargo de prefeito de Nossa Senhora do Socorro.

No parecer, o procurador-geral de justiça Rony Almeida se manifesta favorável à autorização do Tribunal de Justiça para que os três políticos possam ser investigados no âmbito da Polícia Civil. O parecer do MPE já foi encaminhado ao gabinete do desembargador Alberto Romeu Gouveia Leite, relator do processo, que ainda não se manifestou sobre a questão.

O requerimento pedindo a investigação tem origem na Delegacia de Crimes Contra a Ordem Tributária (Deotap). A peça processual, denominada representação criminal, foi registrada no Tribunal de Justiça e distribuída ao relator [desembargador Alberto Romeu] no dia 2 do mês passado.

Defesa

O Portal Infonet tentou ouvir os três políticos citados na representação criminal. A assessoria de imprensa do deputado Jairo de Glória se manifestou, informando que o parlamentar desconhece o processo e que só se manifestará quando receber notificação do Poder Judiciário.

A assessoria jurídica do prefeito Padre Inaldo informou, nesta quarta-feira, 21, que vai analisar o parecer do MPE para, posteriormente, se manifestar.

O Portal Infonet permanece à disposição do Capitão Samuel, que continua em silêncio. Informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

Fonte:  Infonet (Cássia Santana)

CORONEL HENRIQUE ROCHA ESCREVE ARTIGO MOSTRANDO A IMPORTÂNCIA DA ISONOMIA NO ÂMBITO DA SSP.


Após escrever algumas palavra em uma rede social restrita a policiais militares, o Coronel Henrique Rocha escreve artigo mostrando a importância da isonomia no âmbito da SSP/SE.

Confiram o artigo publicado abaixo:

"Ontem escrevi algumas palavras em uma rede social restrita a policiais militares, mas que ganharam repercussão maior do que o esperado, pois foram divulgadas por alguns jornalistas.

Cada um que leu as minhas palavras interpretou conforme suas convicções, experiências etc.

O que motivou minha manifestação foi a negociação legítima dos representantes da Polícia Civil acerca de melhorias em suas condições remuneratórias.

Quero aqui registrar meu respeito à Polícia Civil e a todos os homens e mulheres que a integram, em especial aos líderes sindicais que conseguiram sensibilizar o governo para conquistar suas justas e legítimas reivindicações.

Sinto-me feliz pelas conquistas da PC.

Tendo em vista o sucesso do pleito da PCSE, chamo a atenção de todos para os valores pagos aos policiais militares a título de "vale alimentação", que hoje é de 8 reais por refeição.

É de se relembrar, também, a recente determinação judicial, de primeira e de segunda instâncias, para que seja pago, a todos os militares estaduais, o reajuste linear (mera reposição das perdas inflacionárias, não significando aumento real de salário). A decisão se mostra justa, foi fundada em argumentos sólidos e cabe no orçamento do estado, o que insta a Procuradoria Geral do Estado a não recorrer às instâncias superiores. Urge o cumprimento da decisão judicial, sem mais protelações.

O princípio da isonomia impõe que os servidores de todos os órgãos vinculados à SSP tenham o mesmo tratamento remuneratório.

Reafirmo, finalmente, que aos militares estaduais não se impõem limites geográficos para o atendimento à sociedade sergipana. Em defesa de nosso povo, policiais e bombeiros militares vão, numa mesma jornada de trabalho, de Aracaju a Canindé, de Propriá a Cristinápolis, 24 horas por dia, sete dias por semana".

Este artigo do Coronel Rocha vem corroborar com o coro do restante da tropa que está indignada com a demora na aprovação de projeto da classe militar, enquanto projetos da Polícia Civil, como no caso dos Delegados, são encaminhados e/ou aprovados com bem mais agilidade. Por quê?

Matéria do blog Espaço Militar

MAIS UMA VEZ O DEPUTADO GILMAR CARVALHO COBRA AGILIDADE DO GOVERNO NA APROVAÇÃO DA "LOBINHA" DO CORPO DE BOMBEIROS E DOS CÓDIGOS DE ÉTICA DA PMSE E DO CBMSE E MOSTRA INDIGNAÇÃO DE MILITARES COM DIFERENCIAÇÃO DE TRATAMENTO.


Na manhã desta quarta-feira, dia 21, no programa Fala Sergipe, na Mix FM, o jornalista e deputado estadual Gilmar Carvalho, cobrou agilidade do Governo na aprovação da "Lobinha" do Corpo de Bombeiros Militar, cujo impacto na folha será pequeno, como já foi explanado pelo mesmo no plenário da ALESE, bem como, na aprovação dos Códigos de Ética da PMSE e do CBMSE, visto que, a atual legislação, vem prejudicando sobremaneira os militares sergipanos, principalmente aqueles que por uma eventualidade foram punidos perante a justiça militar e mesmo cumprindo sua reprimenda, ainda têm que passar mais um longo período para mudarem de comportamento, para aí sim, serem promovidos, sendo, desta forma, punidos duplamente de forma indevida.

Durante o programa, Gilmar mencionou o texto escrito pelo Coronel Rocha, que leva a uma reflexão sobre o tratamento diferenciado que vem sendo dado aos PMs e BMs de Sergipe por parte do governo, além de relatar também a insatisfação das tropas, com a agilização de projetos da Polícia Civil, e a demora na aprovação dos projetos da classe militar.

Deixou claro ainda o parlamentar que não é contra a melhoria de qualquer categoria de trabalhadores, como no caso dos Delegados, não sendo contra a reivindicação destes, mas cobra tratamento igualitário para as revindicações os PMs e BMs.

Matéria do blog Espaço Militar

DELEGADO FÁBIO SANTANA É O MAIS NOVO CIDADÃO ITABAIANENSE.


Há oito meses em Itabaiana (SE) como coordenador regional da Delegacia de Polícia Civil, o delegado Fábio Santana teve o trabalho reconhecido pelos vereadores com a aprovação da propositura de concessão do título de cidadania itabaianense, maior honraria outorgada pelos parlamentares àqueles com relevantes serviços prestados em prol da sociedade local.

De autoria do vereador Paulo Messias (PMDB), o Projeto de Decreto Legislativo nº 06/2017 foi submetido a votação em redação final na manhã desta terça (20) e aprovado unanimemente, considerando-se a excelência no cumprimento da missão de investigar as infrações penais e desenvolver as atividades de Polícia Judiciária e Administrativa com eficiência, eficácia e efetividade, assegurando segurança à sociedade e preservando a paz social.

Segundo Paulo Messias, a homenagem é uma das mais merecidas até então outorgadas pela Casa, vez que no cotidiano o que se percebe é uma atuação firme, de respeito à comunidade e que tem se mostrado equilibrada, ética, imparcial, conforme preconiza a justiça.

“Fico imensamente honrado da autoria, e agradeço aos colegas pelo acolhimento. Esse jovem, juntamente com sua equipe, tem sido peça chave quando se fala em segurança pública, desarticulando quadrilhas e diminuindo os índices de crimes, melhorando as nossas condições de vida”, justificou o parlamentar.

Tendo firmado o compromisso de combate à criminalidade no município e consequente manutenção da ordem social, no pouco tempo de atuação os números apontados até o momento já apresentam uma relevante resposta na estratégia adotada, quando comparados com os do mesmo período de 2016, corroborando para a afirmativa do vereador quando fez menção à redução na estatística de delitos.

Com 32 armas apreendidas, 86 prisões, 9 apreensões de menores infratores, 12 kg de entorpecentes confiscados, Fábio Santana projetou Itabaiana nacionalmente com o desenvolvimento de operações que desarticularam associações criminosas, a exemplo da Baixada, e Irmãos Metralha, ganhando no município serrano a titulação informal, por parte de moradores de áreas periféricas, de Sérgio Moro sergipano.

Baiano, Fábio já acumula em seu acervo de títulos honorários as cidadanias aquidabãense e dorense em face dos proeminentes serviços também prestados nos municípios sergipanos de Aquidabã e Dores, respectivamente, onde também teve a incumbência, fielmente cumprida, de atuar diretamente com foco na minimização de estatísticas preocupantes, e agora é oficialmente adotado como cidadão serrano.

Para ele, a grata surpresa vem a corroborar o que iniciou como trabalho e se desmembrou em satisfação pessoal. “Inicialmente a missão  em Itabaiana veio como um desafio profissional, mas ao chegar fui abraçado verdadeiramente e isso fez com que as dificuldades não se tornassem maiores do que o respeito e a admiração que aprendi a ter por esse povo honesto e trabalhador, relatou, concluindo: “esse título é um reforço à missão que tenho aqui, e se já atuava veementemente por profissionalismo, agora tenho uma obrigação moral com quem me acolheu como filho”, disse ele.

Ainda sobre o ‘prêmio’, o delegado atentou para o reconhecimento não da pessoa, mas do trabalho feito em equipe. “A cidadania honorária é em meu nome, mas a consideração é a toda a minha equipe, à cúpula da SSP, a quem estendo essa homenagem e agradeço a oportunidade de servir. Sem o esforço de cada um dos que, diariamente, estão ao meu lado jamais seria possível a cidadania. Ao vereador Paulo Messias, o meu sincero agradecimento pela notoriedade, assim como aos demais parlamentares, que foram favoráveis à proposta”.

Segundo a assessoria de comunicação da Câmara, ainda não há data marcada para a solenidade de entrega.

Fonte:  Facebook da jornalista Iane Gois