terça-feira, 30 de junho de 2015

POLICIAIS DA 3ª CIA/2º BPM PRENDEM MAIS UM FORAGIDO DA JUSTIÇA SERGIPANA EM CAPELA.


Na manhã desta terça-feira, dia 30, por volta das 10:30 horas, policiais militares lotados na 3ª CIA/2º BPM, através da equipe composta pelo Sgt. Ailton, Cb. Roberval e Sd. Macêdo, prenderam José Francisco Alves dos Santos, vulgo "Mago".

Segundo informações repassadas pelo Comandante da Companhia de Carmópolis, Capitão Wembley, "Mago" agia dentro de Capela com práticas delituosas envolvendo roubos e drogas, e encontrava-se com mandado de prisão preventiva em aberto pela prática de homicídio, contra um morador da mesma localidade, o qual fora morto por pedradas.

No momento da prisão "Mago" transitava em uma bicicleta nas imediações do bairro São Cristóvão, sendo conduzido posteriormente para a Delegacia Regional de Capela, ficando à disposição da justiça.

16 MORTES EM ALAGOAS NO FINAL DE SEMANA COM OPERAÇÃO PADRÃO.

Polícia Militar tem atendido algumas ocorrências, mas o número de policiais nas ruas está bastante reduzido


O primeiro final de semana da Operação Padrão da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, deflagrada na tarde da última quinta-feira (25), elevou em quatro vezes o número de homicídios no estado de Alagoas.

Segundo os dados da Perícia Oficial o número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) foi quatro vezes maior se comparado com o final de semana anterior. Os registros correspondem ao período entre as 7 horas da sexta-feira (26) e às 7 horas desta segunda-feira (29). 

Mesmo com a Operação Padrão, a Polícia Militar tem atendido algumas ocorrências, mas o número de policiais nas ruas está bastante reduzido devido à falta de condições adequadas para circulação em que grande parte das viaturas se encontra.

Em condições normais o contingente policial já é insuficiente no estado e a situação está ainda mais complicada com a Operação Padrão.

A população espera que os militares tenham suas reivindicações atendidas pelo governo do estado e que a reunião marcada para a próxima quarta-feira (1) possa por um fim na operação.

Além da correção salarial pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), os militares lutam pela atualização dos auxílios alimentação e uniformes, fixação de uma data mensal para o repasse do auxílio alimentação, atualização do soldo (gratificação) das unidades especiais, melhorias na estrutura física dos Batalhões, Carga horária não superior a 44 horas semanais (recebem apenas por 40 horas), hora extras remuneradas, Lei de Promoções justa para Praças e Oficiais, adicional de periculosidade e adicional noturno, (este último já é pago aos policiais civis).

Na sexta-feira (3) a categoria realizará uma Assembleia Geral, as 15h00, na Associação dos Subtenentes e Sargentos (ASSMAL) para apresentar a proposta do governador.

Fonte:  Já é Notícia

DEPUTADO FEDERAL CAPITÃO AUGUSTO QUER JORNADA DE TRABALHO DE NO MÁXIMO 120 HORAS MENSAIS PARA POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES.


O Deputado Federal Capitão Augusto (PR/SP) apresentou o Projeto de Lei nº 2106/15, propondo jornada de trabalho de no máximo 120 horas mensais para os policiais e bombeiros, bem como, pede que os dias em que os policiais e bombeiros trabalharem que forem feriados que recebam em dobro.

IML REGISTRA SEIS ASSASSINATOS NAS ÚLTIMAS 24 HORAS.

Crimes ocorrem em diferentes municípios sergipanos

O Instituto Médico Legal (IML) registrou seis homicídios nas últimas 24 horas em Sergipe. Entre os crimes, dois foram registrados em Aracaju. Em Areia Branca, um casal foi abordado quando chegavam em casa na madrugada desta terça-feira, 30, e Marcelo dos Santos, 36, acabou morto a tiros.

Em Aracaju, Roberto Carlos dos Santos, 44, foi assassinado com golpe de arma branca. O crime aconteceu na rua Recanto dos Pássaros, no Loteamento Brisa Mar, no bairro Industrial. Um homem não identificado foi assassinado a tiros na rua São Pedro, no bairro Santos Dumont.

Em Carira, Alessandro da Cruz Santos, 38, foi morto a tiros; Adriano da Conceição, 39, foi vítima de arma de fogo em Canindé do São Francisco, e Israel Narcizo Bispo, 46, morto a tiros em São Cristóvão.

Outras mortes

Duas pessoas morreram em acidentes de trânsito. Sidnei Vicente Pereira, 31, morreu em uma colisão entre veículos ocorrida em Poço Redondo, e Venâncio Santos Ribeiro, 22, se envolveu em colisão ocorrida em Cristinápolis.

Fonte:  Infonet

segunda-feira, 29 de junho de 2015

TRAFICANTES ARMADOS COM FUZIS RENDEM POLICIAIS DA UPP NO MORRO DO FALLET.


Seis traficantes armados com fuzis renderam sete policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro do Fallet, no Catumbi, no fim da tarde da última sexta-feira. A informação foi passada por policiais e moradores da comunidade. Os bandidos teriam mandado os PMs sentarem no chão e xingado os agentes, que tiveram as pistolas recolhidas pelo bando. Segundo policiais, os criminosos só devolveram as armas, sem munição, após receberem ordens dos líderes da facção Comando Vermelho (CV) que, de dentro de uma unidade prisional do estado, mandaram que nenhum PM fosse morto e que as pistolas fossem entregues.

Em nota, a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) informou que o comando das UPPs determinou a abertura imediata de uma averiguação para apurar denúncia de invasão a uma das bases de apoio da UPP Coroa/Fallet/Fogueteiro. O comunicado confirmou a ação do Bope na favela e ressaltou que nenhum armamento foi roubado e que não houve ataque à base da UPP. Os traficantes do Fallet são investigados em um inquérito da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) há um ano. 
Segundo testemunhas, os traficantes subiram pela mata até a base avançada Campo do Capitão. A ação criminosa mobilizou moradores e outros policiais militares que, em mensagens pelo WhatsApp do DIA (98762-8248) , relataram que houve tentativa de resistência dos PMs da UPP. “Muitos tiros agora no Fallet, policiais encurralados”, escreveu um morador.

“Prioridade, toda a polícia no Fallet”, enviou um PM em mensagem de voz pedindo ajuda para os colegas. Moradores também relataram que aulas foram suspensas e crianças liberadas e que, depois da ação de bandidos, houve confronto no local.

Após devolverem as armas dos policiais, os traficantes teriam mandado um recado pelos policiais rendidos ao comando da unidade: “Nós é que mandamos aqui”.  Em resposta ao ataque, a PM enviou o Bope, que ocupou o morro. O policiamento na comunidade foi reforçado também com homens do Grupamento de Intervenções Táticas da UPP, além de agentes de outras unidades.

Homens do 5º BPM (Praça da Harmonia) realizaram, já no início da noite de ontem, um cerco na Avenida Almirante Alexandrino para que os suspeitos não conseguissem escapar da ação no morro pela mata e chegassem à Zona Sul.

Fonte:  Jornal O Dia

CONSUMO DE COCAÍNA NO BRASIL É 4 VEZES SUPERIOR A MÉDIA MUNDIAL.

País passou também a ser o maior centro de distribuição de cocaína no mundo da última década

Consumo de cocaína no Brasil é alto

O Brasil se transforma em um dos maiores mercados para a cocaína, com uma prevalência que supera a dos Estados Unidos e atinge mais de quatro vezes a média mundial.

Os dados estão sendo publicados nesta sexta-feira (26) pelo Escritório de Drogas e Crimes da Organização das Nações Unidas (UNODC, na sigla em inglês), que também revela que o Brasil passou a ser o maior centro de distribuição de cocaína no mundo da última década, citado em 56 países como o local de trânsito da droga.

Segundo a ONU, produção de coca no mundo parece ter atingido seu ponto mais baixo desde 1990. O informe também aponta para uma contração nos mercados dos Estados Unidos e da Europa.

Mas é o consumo na cocaína na América do Sul que mais preocupa e o Brasil segue uma tendência inversa.

A taxa de prevalência da droga na região passou de 0,7% da população em 2010 - com 1,8 milhões de usuários - para 1,2% em 2012, um total de 3,3 milhões de pessoas.

As taxas sul-americanos são hoje três vezes a média mundial e parte do aumento teria ocorrido por causa do aumento do mercado no Chile e na Costa Rica.

"Mas o aumento do uso de cocaína na região é liderada pelo aumento do uso no Brasil, que é o maior mercado de cocaína na América do Sul", alertou a ONU. "Apesar de não haver uma pesquisa recente no Brasil, extrapolando dados a partir de pesquisas com estudantes universitários, a UNODC estima que a prevalência do uso da cocaína seja de 1,75% da população adulta do País."

O dado se contrasta com a estimativa da ONU de que a cocaína seja consumida por 0,4% da população adulta mundial. Se ela continua elevada na América do Norte e na Europa, o informe revela também que existe uma "tendência geral de queda" nesses mercados.

Nos Estados Unidos, a estimativa é de que a prevalência da cocaína chegue a 1,6% da população a partir dos 12 anos de idade. No total, o mundo contaria com um total de 17 milhões a 20 milhões de usuários da droga.

Neste ano, o informe aponta para uma queda do cultivo da coca, chegando a seus menores níveis desde 1990. Na Colômbia, a capacidade de produção seria a menor desde 1996. Mesmo com um cultivo mundial equivalente a 170 mil campos de futebol, a destruição de áreas levou a uma redução da plantação em 10% entre 2012 e 2013.

Para a ONU, a queda do cultivo pode ter tido um impacto também na queda do consumo, com menor acesso ao produto nos Estados Unidos e no Canadá. Ações coordenadas entre vários países e uma guerra entre grupos criminosos também ajudaram na redução do consumo.

Trânsito

O Brasil ainda foi mencionado 1,7 mil vezes como país de trânsito entre 2005 e 2014. Em termos de citações, é superado pela Argentina, mencionada em cerca de 2,1 mil casos em dez anos. Mas o número de países que indicaram o Brasil é o maior do mundo, revelando que o território nacional seria a maior base de exportação da droga.

Quarenta e cinco países de destino da cocaína mencionaram a Argentina como ponto de trânsito, contra 31 para a Colomba. Incluindo todas as demais drogas, apenas o Paquistão supera o Brasil, com 178 países do mundo o citando local de trânsito da heroína.

"Por conta de sua posição geográfica, o Brasil tem um papel estratégico no tráfico de cocaína, e os confiscos dobraram no País em 2013 para mais de 40 toneladas", indicou a ONU.

"A cocaína entra no Brasil por avião, por terra (carros, caminhões e ônibus), por rio (barcos que cruzam o Amazonas), antes de ser enviada para o exterior, principalmente para a Europa, tanto de forma direta como via África", declarou a ONU — 30% da droga confiscada no Brasil tem o mercado externo como objetivo.

Somando todas as drogas ilícitas, a ONU estima que existam 246 milhões de usuários no mundo, pouco mais de 5% da população entre 15 e 64 anos de idade — 27 milhões de pessoas seriam dependentes, dos quais metade por drogas injetáveis.

Fonte:  R7

O BLOG ESPAÇO MILITAR VEM COMUNICAR E LAMENTAR O FALECIMENTO DA SOGRA DO JORNALISTA MUNIR DARRAGE.


O blog Espaço Militar vem comunicar e lamentar o falecimento da sogra do jornalista Munir Darrage, redator chefe do site Faxaju e amigo da classe militar.

A Srª. Maria José de Jesus, 72 anos, faleceu na madrugada desta segunda-feira, dia 29, vítima de um infarto.  O corpo será velado no Povoado Jenipapo, município de Aquidabã e será sepultado no cemitério na mesma localidade.

Desde já externamos nossos votos de pesar ao amigo jornalista, rogando a Deus que possa dar o devido conforto aos familiares e amigos por tamanha perda e que possa receber a alva da Srª. Maria José de Jesus no Paraíso Celestial.

Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim ainda que morto viverá. E todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá. - João 11:25-26 

O POLICIAL QUE SE COLOCA NUMA BOLHA.


No célebre conto “O Alienista“, de Machado de Assis, o personagem Simão Bacamarte celebrizou-se por ser o médico/psiquiatra que internou toda a cidade de Itaguaí, após diagnosticar cada um dos habitantes com desvios psicológicos: o vaidoso, o bajulador, a supersticiosa, a indecisa e por aí vai.

Após apontar o dedo para todos a sua volta, o doutor Simão acaba ficando sozinho, isolado dos demais, que passam a habitar o hospício Casa Verde.

“Acusamos colegas e suas organizações como se fôssemos detentores do monopólio da legitimidade institucional da polícia”

O conto machadiano é uma metáfora para diversas formas de isolamento que praticamos contemporaneamente, mas agora, em especial, ele se revela adequado para analisar um cenário recorrente nas organizações policiais brasileiras, que é o isolamento de setores, seções, unidades, delegacias, comandos, instituições, e dos respectivos integrantes desses núcleos. Às vezes, com a mesma certeza de Simão Bacamarte, acusamos colegas e suas organizações como se fôssemos detentores do monopólio da legitimidade institucional da polícia ou de outras organizações de segurança pública.

O que parece ser a principal razão para esse entendimento arrogante é a falta de comunicação, e a consequente ausência de percepção do papel do outro no contexto profissional em que atua. Trabalhar no setor de licitações, atuar no policiamento motociclístico, realizar operações de alto risco, ser policial civil ou militar, enfim, cada uma dessas “etiquetas” apenas revela que os desafios enfrentados por cada um são distintos e geralmente incomparáveis.

Ao nos colocarmos em uma bolha, julgamos que nosso esforço é maior que o dos demais membros da organização

Seria importante que, antes de menosprezar o papel institucional do outro, cada um de nós considerássemos os variados obstáculos existentes nas variadas missões possíveis. Ao nos colocarmos em uma bolha, julgamos que nosso esforço é maior que o dos demais membros da organização, nos intitulando detentores da verdade institucional – que só existe (se existe!) por causa da união dos vários esforços.

Geralmente deslegitimar o vizinho é mais fácil que enfrentar seus próprios desafios. Essa é uma fuga comum para quem não consegue lidar consigo mesmo, como Simão Bacamarte, se mantendo sozinho, em sua bolha.

Fonte:  Abordagem Policial (Danillo Ferreira)

MULHER DE 72 ANOS PASSA MAL E MORRE POR FALTA DE ATENDIMENTO DO SAMU.


Uma mulher de 72 anos passou mal no inicio da manhã desta segunda-feira (29) e morreu por falta de atendimento do Samu. No Nestor Piva, parente da vitima cai ao tentar leva-la para dentro da unidade e GMA não foi capaz de ajudar

Maria José de Jesus, 72 anos, passou mal na madrugada de hoje após supostamente ter sofrido um infarto. Os filhos notaram que a idosa estava passando mal e acionaram o Samu, só que passaram cerca de 40 minutos e nenhuma ambulância do Samu apareceu para prestar os primeiros socorros.

Os filhos e o genro da idosa então resolveram leva-la para o hospital Nestor Piva e lá mais uma vez houve problemas. Ao estacionar o carro com a idosa, havia em frente ao hospital três guardas municipal que onde estavam permaneceram. Os filhos e o genro acabaram caindo com a idosa e mesmo assim os guardas se manteram inertes. Já dentro do hospital, graças ao atendimento prestado pelo médico Damião Domingos, que nada pode fazer, foi que a idosa recebeu o atendimento, porém já era tarde, já que por causa da burocracia e o péssimo atendimento do Samu, a idosa acabou morrendo.

Dr. Damião Domingos fez todos os procedimentos para tentar reanima-la, mas já era tarde. O médico explicou que a morte cerebral havia acontecido a cerca de 10 minutos, ou seja, o tempo suficiente para que uma unidade do Samu prestasse o socorro e salvasse uma vida, só que isso não ocorreu. “Eu lamento profundamente o que aconteceu. Fiz o que pude, mas quando ela chegou aqui, já estava em morte cerebral a cerca de cinco minutos. Sinto muito”, lamentou o médico que mereceu os cumprimentos da família pela forma delicada com que tratou o assunto.

O que mais revoltou a família foi o fato de o incidente ter ocorrido bem próximo ao Samu, já que D. Maria Preta, como era conhecida, passou mal na avenida 12 de outubro e o posto do Samu está localizado na rua Bahia, aproximadamente 3 minutos do local.

A família está revoltada e pretende acionar a justiça para cobrar providencias. “O que eu vi hoje me chamou a atenção. A falta de respeito com a população e com a vida é incrível. De um lado o Samu que espera a pessoa morrer e não atende. De outro lado, uma guarda municipal insensível, que presencia uma situação de emergência e se mantem inerte. Os três guardas pareciam que estavam alí, em frente ao Nestor Piva, fazendo favor para as pessoas”, reclama a filha de D. Maria Preta, que acabou perdendo a vida por negligencia do Samu.

Fonte:  Faxaju (Munir Darrage)

domingo, 28 de junho de 2015

UM MORTO E OUTRO FERIDO POR ESPANCAMENTO NO CENTRO DE ARACAJU.

Isaias Natanael da Silva, 45 anos, morador do município de Barra dos Coqueiros, foi encontrado morto na noite da sexta (26)


A Polícia Militar de Sergipe registrou entre a noite da última sexta (26) e madrugada deste sábado (27) um homicídio e uma tentativa de homicídio na região do centro comercial de Aracaju, ambos por espancamento.

De acordo com as informações da Polícia Militar, o homicídio ocorreu por volta das 19 horas da sexta, quando Isaias Natanael da Silva, 45 anos, morador do município de Barra dos Coqueiros, foi encontrado morto na área externa do Forró Caju. No Instituto Médico Legal (IML) a informação é que Isaias foi morto a golpes de madeira e pedras. 

E um homem foi levado gravemente ferido ao Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE) por volta das 02 horas da manhã deste sábado, após ser vítima de espancamento também nas proximidades onde acontece o Forró Caju. A PM apurou que dezenas de pessoas armadas com madeira atacaram o rapaz. Ele foi socorrido por uma equipe do SAMU. Ninguém foi preso.

IML

A assessoria de Comunicação do IML informou que além de Isaias foram registrados os corpos de Joelma Santos de Oliveira, 47, que estava internada no HUSE, vítima de arma branca; e de Adenilson Leite Santos, 33 anos, morto por afogamento, no município de Capela.

Fonte:  Jornal da Cidade

DEZ ÔNIBUS DEPREDADOS E TRÊS RODOVIÁRIOS AGREDIDOS.


No início da manhã desta sexta-feira (26), por volta das 5h, foi de horror para motoristas, cobradores e passageiros do transporte coletivo da capital sergipana. Isso porque dez ônibus foram depredados e três colaboradores do sistema agredidos fisicamente. As ações ocorreram nas imediações do Mercado Central e do Terminal Maracaju.

Nos veículos, houve a quebra de janelas, portas, vidros traseiros e dianteiros, danificação de balaustres, além de danos irreversíveis às câmeras de segurança. Já entre os trabalhadores, há um caso de mais gravidade. Um dos cobradores vítima da violência ainda se encontra hospitalizado no Hospital Gabriel Soares, segundo informações do presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Aracaju (Sinttra), Miguel Belarmino.

Diante dos fatos, a categoria analisa a possibilidade de parar as atividades no horário que vai das 0h às 6h, de hoje, dia 26, até a segunda-feira, 29. “Nos últimos três dias tivemos 23 assaltos e a Secretaria de Segurança Pública não toma nenhuma providência. A noite de ontem culminou com dez carros depredados, mais dois assaltos e três colaboradores agredidos. Repudiamos o trabalho da Polícia Militar que nada tem feito para coibir tais casos de violência. Nossa intenção é paralisar as atividades nos horários mais críticos até o fim dos festejos juninos”, alerta ele.

Enquanto as empresas contabilizam os prejuízos dessa onda de violência e trabalham para reintegrar o mais brevemente os veículos atacados à frota circulante, a população, nas ruas, sofre com a redução do serviço. “Essas ações atingem as empresas operadoras do sistema, já que a reposição dos ônibus depredados é feita por elas, mas é o usuário do transporte coletivo o principal prejudicado. É ele que amarga a redução da frota de ônibus”, frisa Alberto Almeida, presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Município de Aracaju (Setransp).

Prejuízos

Na visão da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) “atitudes desse tipo não penalizam o órgão gestor ou a empresa de ônibus. Quem, de fato, está sendo penalizada é a população, que depende desse transporte para se deslocar. Quando os veículos são retirados de circulação, o tempo de retorno depende de diferentes fatores, principalmente da existência de peças para a reposição, o que nem sempre é imediato”, destaca Flávio Vasconcelos, assessor da SMTT.

Para se ter uma ideia dos prejuízos financeiros, para recolocar três veículos em circulação novamente - que tiveram a renda furtada, os vidros das janelas e portas quebrados, além de fazer a reposição da câmera que foi arrancada -, a Viação Atalaia terá que desembolsar valor superior à R$ 5 mil, considerando a quantia que deixou de ser arrecadada com a recolha do veículo.

Números nacionais

Levantamento da Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos aponta que, somente esse ano, 83 ônibus foram alvo de atos de vandalismo pelo Brasil. O Sudeste do país lidera, com 47 veículos danificados, 56,6% do total. O levantamento considera as ocorrências registradas até 16 de março. De 2004 até o final do ano passado, foram 1.200 ataques a coletivos.

Fonte:  SETRANSP

sábado, 27 de junho de 2015

CHOQUE RECUPERA MOTONETA NO SANTA MARIA.


O Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) realizarou na última quinta-feira (25), por volta das 19h00, na Rua 8, Conjunto Padre Pedro, Bairro Santa Maria, zona sul da Capital, a apreensão de um adolescente, 17, por ato infracional de receptação.

A ação foi empreendida pela Equipe Tático 01, comandada pelo Sgt PM Fontes, momento em que realizava o policiamento ostensivo tático motorizado e visualizou a atitude suspeita do cidadão que estava transitando numa motoneta Shineray, modelo 49 cc, o qual ao perceber a aproximação da polícia empreendeu fuga.

Imediatamente, os policiais efetivaram o acompanhamento e lograram êxito na abordagem do adolescente, o qual entregou um boletim de ocorrência de roubo da motoneta, o qual não correspondia com a numeração do chassi da motoneta abordada, como também, após  consulta foi constatada a restrição de roubo, sendo a ocorrência encaminhada à Delegacia Plantonista.

GATI PRENDE TRÊS INFRATORES E APREENDE UM MENOR COM ARMA DE FOGO, DROGAS E VÁRIAS ARMAS BRANCAS.




Grupo de Ações Táticas do Interior (GATI), prendeu três indivíduos e apreendeu um adolescente de 16 anos envolvidos em associação criminosa para a prática de diversos assaltos no interior sergipano. Três foram detidos na cidade de Divina Pastora, sendo o quarto integrante preso no município de Siriri, na tarde dessa quinta-feira, 25. Com o grupo, a PM apreendeu 16 trouxas de maconha, uma arma de fogo e várias armas brancas.

Após levantamentos do núcleo de inteligência do GATI, equipes se deslocaram até o assentamento Flor do Mucuri II, localizado no povoado Bonfim, em Divina Pastora, apreendeu o adolescente de 16 anos e efetuou as prisões de Bruno Santos da Piedade, o ‘Bruno do Bonfim’, de 19 anos; e Wendel Santos Nogueira, o ‘Nininho’, de 19 anos. A princípio, não havia mandado de prisão expedido em desfavor de Nininho, porém, ele foi flagrado com uma arma tipo garrucha de fabricação caseira e 16 trouxas de maconha, sendo, portanto, encaminhado à delegacia.

O indivíduo identificado como Daniel Inácio Couto, o ‘Daniel Fonhê’, foi capturado em via pública, no povoado Siriba, em Siriri, portando um facão na cintura. Todos os presos, à exceção de Wendel Santos, estavam com mandados de prisão e apreensão expedidos por associação criminosa, sob a acusação de protagonizar mais de 30 vítimas em ocorrências de roubos à mão armada, praticados em veículos de transporte alternativo intermunicipal, empresas terceirizadas da Petrobras e na fábrica de cimento Cimesa, localizada no município de Laranjeiras.

Segundo informações da PM, já havia 26 boletins de ocorrência registrados contra o grupo e 15 autos de reconhecimento dos suspeitos, confeccionados pelas vítimas. Além da droga e da arma de fogo, as equipes do GATI aprenderam foices, facões, machado, chaves de fenda, canivetes, celulares, uma farda com logotipo da Petrobras e uma motocicleta XLR de cor azul. O caso foi encaminhado à 3ª Delegacia Metropolitana, em Aracaju, para as providências cabíveis.

POLICIAIS DA 3ª CIA/2º BPM PRENDEM FUGITIVO DA JUSTIÇA SERGIPANA EM PIRAMBU.



Na noite da última quarta-feira, dia 25, por volta das 22h45min, policiais militares da 3ª do 2º BPM, através da equipe do Comando, composta pelo 1°Sgt Alessandro, Cb Sena e Sd Silveira, prenderam na cidade de Pirambu, o individuo de prenome Flávio Ravi da Conceição Santos de 20 anos. 

Segundo informações repassadas ao Comandante da Companhia de Carmópolis, Capitão Wembley, era que este infrator agia dentro de Pirambu com práticas delituosas e era um dos que comandava o tráfico de entorpecentes na região. 

Flavinho, com era conhecido, estava com o mandato de prisão preventiva em aberto pela prática de homicídio.

No momento da abordagem a alguns elementos, Flavinho passou pela guarnição e pareceu assustado, fato que foi percebido pela guarnição e iniciou-se uma perseguição pelas ruas da cidade com a guarnição, sendo o mesmo detido nas proximidades da feira livre.

O fugitivo foi conduzido a Delegacia Regional de Itabaiana para adoção das providências cabíveis.

MOTOCICLISTAS FAZEM PROTESTO A FAVOR DE POLICIAL QUE BALEOU SUSPEITOS EM FUGA.



Na noite desta sexta-feira (26), um grupo de quase 300 motociclistas se reuniu em frente a sede da Rede Record em São Paulo a favor do policial que baleou dois suspeitos em fuga. Veja!

Fonte:  R7