sexta-feira, 26 de agosto de 2016

ASSESSOR JURÍDICO DA AMESE REBATE NOTA DE EMANUEL CACHO.


Na data de hoje, 26 de agosto, o advogado Emanuel Cacho, segundo divulgação no site NE NOTÍCIAS, postou em grupo constituído por políticos sergipanos no WhatsApp, a mensagem de que o governador Jackson Barreto “deixe de ser frouxo e tome uma providência urgente”.

Qual providência o insigne advogado espera que venha ser tomada?

Esperamos que as mesmas digam respeito à aquisição de coletes balísticos individualizados para a tropa, o licenciamento das viaturas e condições plenas de segurança  das mesmas, a aprovação do pagamento de subsídio para a categoria assim como fez com outras classes da segurança pública, a promoção por tempo de serviço, a reforma e construção de prédios decentes para que os militares trabalhem de forma produtiva, ou até mesmo o reajuste do vale-refeição que vale apenas oito reais.

Pela forma que se expressou e pelo histórico de tratamento dados aos militares pelos seguidos governos, não queremos acreditar que “deixar de ser frouxo” seja o governador utilizar o Código Penal Militar ou o Regulamento Disciplinar para punir aqueles que ofertam suas vidas diariamente na proteção da nossa querida sociedade sergipana. Emanuel Cacho é democrata e jamais pensaria dessa forma. Ou será que não?

Em outro trecho da mensagem, o causídico expressa que os militares estarão cavando as “próprias sepulturas da sociedade”. Será que são os militares que estão cavando realmente essas covas?

Não!

Caso alguma sepultura tenha sido ou venha a ser cavada, o grande culpado chama-se o Governo do Estado, por estar há vários anos tratando a categoria mais importante da segurança pública do Estado como uma polícia de segunda classe.

Com salários defasados, promoções atrasadas, péssimas condições de trabalho e falta de valorização e discriminação explícitas, os militares sergipanos cansaram de dar jeitinho e vão trabalhar como o governo quer, até que uma proposta real, exequível e aprovada em assembleia da categoria seja encaminhada e aprovada na ALESE.

Atenciosamente,

MÁRLIO DAMASCENO DA CONCEIÇÃO
          Assessor Jurídico da AMESE

TENENTE CORONEL ADRIANO FALA SOBRE MOVIMENTO POLÍCIA LEGAL.



Fonte:  Cidade Alerta Sergipe/TV Atalaia

ASSOCIAÇÕES UNIDAS EMITEM CARTA ABERTA À POPULAÇÃO SERGIPANA.


Os valorosos Policiais e Bombeiros que tão brilhantemente servem à sua população, com a doação de suas próprias vidas se for preciso, estão cansados de engano e desprezo por parte do Governo do Estado. Se não bastassem as leis ineficazes desse país, a falta de apoio estatal no desempenho de nossas funções, a falta de politica publica e institucional para esses trabalhadores, a cidadania cassada e a liberdade cerceada pelo militarismo arcaico.

Convivemos com salários atrasados e defasados corroídos pela inflação, convivemos com a miséria de um ticket alimentação de R$ 8,00, convivemos com a falta de perspectiva de uma carreira profissional, com a falta de uma Jornada de Trabalho justa para a especificidade do nosso serviço, convivemos com a falta de estrutura básica no ambiente de trabalho como água para beber, alojamento, refeitório, papel, material de limpeza, viaturas sem manutenção, falta de EPI, coletes e munições vencidas, a falta de treinamento adequado, a falta de uniformes completos, falta tudo, menos vontade de trabalhar.

Ao longo de anos sofremos as dores diárias dessa profissão pouco valorizada e sofremos calados. Porem é chegado o momento do basta. Com isso, não culpamos os gestores das Instituições que tem que administrar com tão pouco recurso grandes demandas, recursos esses que caem a cada ano. Isso não é compromisso com a Segurança Pública. A maquiagem das propagandas radio televisivas não mais são suficientes para esconder uma triste realidade em que chegamos.

Esclarecemos a população que. mesmo com toda dificuldade, continuaremos a servi-los. Porém trabalharemos dentro das condições que nos é oferecida. Jamais nos omitiremos em salvar vidas, em proteger o cidadão, em cumprir nossa missão constitucional de manter a paz e a ordem.

Esclarecemos ainda que, a “Polícia Legal” é o conjunto de atividades realizadas pelos militares estaduais, sem ferir a legislação vigente e o regulamento militar. O objetivo é sensibilizar o governo para os graves problemas da segurança pública, quanto a falta de perspectivas de ascensão na carreira, a implementação do subsídio, a falta de equipamentos para o desempenho da função e a insalubridade no ambiente de trabalho.

Finalizamos, pedindo o apoio de toda a população sergipana e seus seguimentos, no combate desleal que temos enfrentado diuturnamente.

JUNTOS SOMOS FORTES E UNIDOS IMBATÍVEIS

Fonte:  Associações Unidas

CACHO DIZ QUE JACKSON É "FROUXO E IRRESPONSÁVEL" E QUE PMs ESTÃO CAVANDO AS PRÓPRIAS SEPULTURAS DA SOCIEDADE".


No grupo de whatsApp "Café com Política", o advogado criminalista e ex-secretário de Estado da Justiça, Emanuel Cacho diz que policiais militares sabotam a Segurança Pública e adverte o governador do Estado: "Jackson, deixe de ser frouxo e irresponsável".

Gente esse negocio se SABOTAR a Segurança Pública do estado é um caminho sem volta. 

Gilmar pelo amor de Deus não divulgue esses áudios dos presos dizendo que vão fazer isso e aquilo nas prisões. Assim a IMPRENSA Está prestando um serviço a eles.

Policiais militares vocês estão cavando as próprias sepulturas da sociedade e a deles próprios. Pensem!!!! Quando crime se estabelece não tem como reordenar. A Polícia Militar e os PMs estão prestando um desserviço ao povo.

Governador Jackson Barreto deixe de ser Frouxo e irresponsável e tome uma PROVIDÊNCIA URGENTE!!!!!

Fonte:  NE Notícias

Nota do blog:  Lamentável a postura do advogado que tenta colocar a classe militar como vilã, onde o real vilão nesta história toda é o próprio Estado.

BOMBEIROS MILITARES DO QUARTEL DE LAGARTO ESTÃO IMPOSSIBILITADOS DE COMBATER INCÊNDIO, DEVIDO A FALTA DE CAPAS DE APROXIMAÇÃO.

Imagem do Blog Espaço Militar

Os bombeiros militares do quartel de Lagarto, que atende a cidade de Lagarto e a região, estão impossibilitados de combater incêndio, devido a falta de capas de aproximação, que são imprescindíveis para atuar no combate ao fogo.

A grande maioria das capas que existiam no citado quartel, ou seja, 09 (nove), estavam vencidas e as únicas que ainda estavam na validade e eram compartilhadas pelos bravos soldados do fogo, sujaram na ocorrência do ônibus da Maratá que incendiou, tendo posteriormente sido enviadas para Aracaju à Diretoria Operacional (DO), a fim de que fossem lavadas e só assim poderem ser usadas de forma compartilhada, o que é um erro, pois se trata de um EPI (Equipamento de Proteção Individual) que não pode ser compartilhado e sim, cada bombeiro militar ter o seu.

Lamentável uma cidade do porte de Lagarto, bem como, toda região circunvizinha, está desassistida no combate a incêndio, face à falta de capas de aproximação que não foram devidamente adquiridas pelo Estado de Sergipe.

Matéria e imagem do blog Espaço Militar (Se copiar, favor citar a fonte)

APÓS DENÚNCIA FEITA PELO BLOG ESPAÇO MILITAR, BOMBEIROS MILITARES DO CORPO DA GUARDA DO QUARTEL CENTRAL RECEBEM COLETES BALÍSTICOS.


Após denúncia feita pelo blog Espaço Militar (http://ameseluta.blogspot.com.br/2016/08/bombeiros-militares-que-trabalham-na.html), bombeiros militares que trabalham no corpo da guarda do Quartel Central do CBMSE, situado na Rua Siriri, no centro da capital sergipana, receberam coletes balísticos para poderem tirar os seus serviços de forma mais segura e como é devido.

Importante salientar que apenas dois coletes foram cedidos pela PMSE para o Corpo de Bombeiros e apesar de colete ser um EPI (Equipamento de Proteção Individual), os dois serão usados coletivamente pelos militares que estiverem na guarda do citado quartel.

O blog estará sempre atento e acompanhando para que os militares sergipanos tenham condições de trabalho dignas e seus direitos respeitados.

Agora um fato que causa estranheza é que, como é que a PMSE cede dois coletes, enquanto falta para os policiais militares?

Matéria do blog Espaço Militar (se copiar, favor citar a fonte)

2ª FASE DO MOVIMENTO "POLÍCIA LEGAL" APREENDE ÔNIBUS ESCOLAR E AMBULÂNCIA.




Fotos:  Grupo do WhatsApp

Sem acordo com o governo do estado, que reivindicam a implantação do subsídio e a promoção automática, policiais de bombeiros militares decidiram deflagrar a segunda etapa do movimento “policia ligal”.

Em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira (25), Dia do Soldado, no Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, os militares decidiram intensificar o movimento “Policia Legal”. Os militares manterão o movimento até que o projeto de Subsidio e promoção automática seja aprovado na Alese.

3daf7ac3-7f9e-46d0-bae7-5d29933378c6Na manhã desta sexta-feira (26), durante a realização de blitz no municipio de Neópolis, e que teve o nome de “operação dentro da lei”, os militares abordaram um ônibus escolar e uma ambulância. Ao verificar a documentos dos dois veículos, os militares encontraram irregularidades na documentação.

Após a abordagem e a comprovação das irregularidades, os dois veículos foram apreendidos.

As informações são de que essas abordagens serão feitas em todo o estado e outras viaturas poderão ser apreendidas.

Movimento intensificado – será intensificado a entrega dos requerimentos de uniforme; entrega das munições e coletes fora da validade; saída em massa do BANESE, a partir de segunda-feira (29).

Os militares também farão ato restaurante Padre Pedro, também a partir de segunda-feira. Ficou decidido que os militares que atuam na capital usarão o valor do ticket de 8,00 para almoçar e adotar pessoas carentes no local.

No dia 7 de setembro, os militares farão uma manifestação e caminhada com os familiares.

Fonte:  Faxaju (Munir Darrage)

PMs/BMs IRÃO ALMOÇAR E ADOTAR UM CARENTE NO PADRE PEDRO.


Os militares manterão o movimento até que o projeto de Subsidio e promoção automática seja aprovado na Alese. Governo alega que está realizando estudos para atender a categoria, mas não da sinal de quando isso irá ocorrer.

Em assembleia realizada na tarde desta quinta-feira (25), Dia do Soldado, no Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, os militares decidiram intensificar o movimento “Policia Legal”.

Com isso, as viaturas em condições fora da normalidade e legalidade serão colocadas fora de serviço, como já está sendo feito. A diminuição da cota de combustível também foi pauta da assembleia. Os militares decidiram que sairão com viaturas “com pouco combustível e se parar, parou”.

Além disso ficou decidido que será intensificado a entrega dos requerimentos de uniforme; entrega das munições e coletes fora da validade; saída em massa do BANESE, a partir de segunda-feira (29).

Os militares também farão ato restaurante Padre Pedro, também a partir de segunda-feira. Ficou decidido que os militares que atuam na capital usarão o valor do ticket de 8,00 para almoçar e adotar pessoas carentes no local.

No dia 7 de setembro, os militares farão uma manifestação e caminhada com os familiares.

Fonte:  Faxaju (Munir Darrage)

VIATURA DA PM SE ENVOLVE EM ACIDENTE NO SERTÃO.


Mais um acidente é registrado no Sertão. O caso aconteceu na noite dessa quinta-feira, 25 de agosto, na rodovia que liga as cidades de Porto da Folha e Gararu.

Segundo informações passada pela PM, a guarnição seguia pela rodovia com destino a cidade de Gararu, quando foram surpreendidos por um animal que cruzou a pista de forma repentina. O policial tentou frear o veículo, mas não conseguiu pará-lo antes de evitar a colisão.

Um motoqueiro, que também trafegava na via no momento em que houve o acidente acabou colidindo sua motocicleta com a viatura. Devido ao impacto, o motoqueiro, identificado por Tatu, sofreu algumas escoriações e teve dois dedos decepados. O mesmo foi socorrido e encaminhado a um hospital da região.

Ainda de acordo com a polícia, os motoristas devem redobrar a atenção nesse rodovia, por conta da quantidade de animais que estão soltos às margens da via.

Fonte:  Pingou Notícias

SEM DESFILE.


E os policiais militares decidiram ampliar a Operação Polícia Legal. Agora, eles vão aumentar as abordagens aos carros do governo e das prefeituras visando apreender aqueles encontrados com irregularidades. Também prometem não desfilar em 7 de Setembro se, até lá, o Executivo não atender as reivindicações salariais da tropa. Pelo andar da carruagem, só a estudantada, as forças federais e os escoteiros desfilarão este ano em homenagem à Independência do Brasil. Aff Maria!

Fonte:  Blog do jornalista Adiberto de Souza

SENADOR PAULO PAIM DIZ QUE JACKSON DEVERIA SOFRER O "IMPEACHMENT DE DILMA".


Ontem, 26, no primeiro dia de julgamento do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT), o senador Paulo Paim (PT/RS) colocou Sergipe entre os Estados que teriam praticado pedaladas fiscais. Ou seja, para o senador, o governador Jackson Barreto (PMDB)  deveria sofrer o mesmo impeachment de Dilma.

Ouça:



Fonte:  NE Notícias

IPESAÚDE PRESTA UM PÉSSIMO SERVIÇO AOS SERVIDORES PÚBLICOS. POLICIAL MILITAR SEM MEDICAMENTO PARA TRATAR DA SUA ENFERMIDADE.


É lamentável o péssimo serviço que o Ipesaúde tem prestado aos servidores públicos, com poucas clínicas e hospitais conveniados, deixa seu segurados abandonados à própria sorte.

Um policial militar que está internado no Hospital Cirurgia e pede para não ter seu nome revelado, estava abandonado à própria sorte, necessitando urgentemente de medicamentos para tratamento do seu problema no fígado, os quais estão em falta.

Além deste fato, diversos servidores encontram dificuldades para marcar consultas para especialistas, cuja demora chega a impressionantes 90 dias.

A promessa de que com o aumento da contribuição o serviço melhoraria, não passou literalmente de uma promessa, pois os problemas persistem, sem que providência efetivas sejam tomadas para bem atender o servidor público.

Matéria do blog Espaço Militar (se copiar, favor citar a fonte)

ACUSADO DE MATAR PM REFORMADO MORRE EM TROCA DE TIROS COM A POLÍCIA.


O acusado de ter assassinado o sargento reformado da policia militar durante uma tentativa de assalto a um microônibus em Monte Alegre, no dia 12 de maio deste ano, morreu na manhã desta sexta-feira (26), após reagir à prisão, em Estância.

O assalto que vitimou o sargento Amabel Rodrigues, aconteceu no dia 12 de maio deste ano, quando o militar reagiu para tentar evitar o assalto. O militar foi baleado e socorrido mas acabou morrendo no hospital.

Luan Mauricio Santos, 26 anos, acusado de ter atirado no militar residia no bairro Suissa em Aracaju, porém após o assassinato do sargento reformado da PM, ele foi morar em Estância.

Na manhã de hoje, a policia foi até a residência de Luan, para cumprir o mandado de prisão e na abordagem, Luan reagiu e acabou morrendo na troca de tiros com os policiais.

As informações são do programa Jornal da Ilha.

Fonte:  Portal iSergipe

MILITARES DECIDEM SAIR "EM MASSA" DO BANESE E FAZER CAMINHADA COM FAMILIARES DIA 7 DE SETEMBRO.


Policiais e bombeiros militares superlotaram ontem (25) o Instituto Histórico e Geográfico de Aracaju, onde se reuniram para discutir a continuidade do movimento Polícia Legal.

Veja o que ficou decidido por unanimidade:

- Intensificação da entrega dos requerimentos de uniforme.

- Entrega das munições e coletes fora da validade.

- A saída em massa do BANESE. (a partir de segunda)

- Ato no restaurante Padre Pedro, os militares que atuam na capital usarão o valor do ticket de 8,00 para almoçar e adotar pessoas carentes no local.(a partir de segunda)

- Manifestação e caminhada com os familiares no dia 7 de setembro.

- Entrega dos alimentos arrecadados para as famílias dos policiais mortos no combate, que hoje passam necessidades.

Os polícias militares agirão extremamente dentro da legalidade da função.

Viaturas em condições fora da normalidade e legalidade serão colocadas fora de serviço, como já está sendo feito, o que já está diminuindo o número de viaturas nas ruas, como informamos mais cedo.

O pouco combustível não será motivo para diminuir o percurso do patrulhamento, se a viatura parar... parou

Os militares manterão movimento até que o projeto de Subsidio e PTS esteja aprovado na Alese.

Fonte:  NE Notícias

BLOG ESPAÇO MILITAR FINALIZA ENQUETE DE COMO A TROPA AVALIA A NEGOCIAÇÃO COM O GOVERNO. CONFIRAM O RESULTADO.


O blog Espaço Militar realizou enquete para saber a opinião da tropa acerca das negociações com o Governo, onde foi feita a seguinte pergunta:  COMO VOCÊ AVALIA A NEGOCIAÇÃO DO GOVERNO COM A CLASSE MILITAR PARA IMPLEMENTAÇÃO DO SUBSÍDIO E PTS?

Confiram abaixo o resultado final da enquete, que pode ser vista na lateral direita do blog:

97,56% - avaliou como ENGANAÇÃO

1,21% - avaliou como PROVEITOSA

1,21% - avaliou como NÃO TEM OPINIÃO FORMADA

Esclarecemos que foram cinco dias de votação e que a pesquisa é gerenciada diretamente pelo Google que detém o domínio blogspot.

POLICIAIS MILITARES SE REÚNEM EM ASSEMBLEIA PARA DISCUTIR MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO.



Fonte:  Jornal do Estado/TV Atalaia

POLICIAIS MILITARES FIZERAM ASSEMBLEIA PARA DEFINIR QUAIS PRÓXIMAS AÇÕES DAS CATEGORIA.


Confiram a matéria exibida pela TV Sergipe, no SE Notícias 2ª edição, clicando no link abaixo:  

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

SERGIPE É O TERCEIRO ESTADO DO NORDESTE COM MAIOR TAXA DE HOMICÍDIO.

Dados de estudo foram divulgados nesta quinta-feira, 25.


Divulgado o estudo “Mapa da Violência 2016”, as notícias não são agradáveis para Sergipe. Entre os estados do Nordeste, o menor deles apareceu em terceiro lugar em número de homicídios, uma taxa de 41,2 por 100 mil habitantes, ficando apenas atrás do Ceará (42,9) e Alagoas (56,1).

Apesar de assustados, os dados não causam tanta surpresa para quem mora em Sergipe, afinal, os sinais são vistos diariamente e preocupam. O estudo compilou números referentes ao período entre 2004 e 2014. Durante esses 10 anos, o estado registrou 5.431 homicídios e, ao contrário do que ocorreu em estados do Sudeste, por exemplo, por aqui, os índices aumentaram, ao invés de diminuírem.

O estudo divulgado nesta quinta-feira (25), usou dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Ministério da Saúde para chegar às conclusões que, em resumo, colocou o Nordeste como a região mais violenta do país, com uma taxa média, em 2014, de 32,8 HAF (Homicídios por Arma de Fogo) por 100 mil habitantes.

De acordo com o estudo, Fato significativo é que a maior parte das UFs do Nordeste apresenta elevados índices de crescimento na década 2004/2014; em curto espaço de tempo tiveram que enfrentar uma pandemia de violência para a qual estavam pouco e mal preparadas.

O mapa reuniu as 150 cidades com as maiores taxas médias de HAF. A lista completa, com os 5.565 municípios, pode ser encontrada no site www.mapadaviolencia.org.br.

Abaixo, segue a lista dos municípios sergipanos citados:

42º - Ribeirópolis - 63,3 homicídios/100 mil habitantes
62º - Areia Branca – 56,6 homicídios/100 mil habitantes
91º – Laranjeiras – 50,7 homicídios/100 mil habitantes
94º – Moita Bonita  – 50,4 homicídios/100 mil habitantes
115º – Santo Amaro das Brotas – 48 homicídios/100 mil habitantes
118º – Propriá – 47,9 homicídios/100 mil habitantes
121º – Itabaiana – 47,6 homicídios/100 mil habitantes
128º – Aracaju– 46,7 homicídios/100 mil habitantes

Fonte:  Jornal da Cidade

ASSEMBLEIA DAS ASSOCIAÇÕES UNIDAS CONTA COM A PARTICIPAÇÃO DA CLASSE MILITAR QUE LOTOU O INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DE SERGIPE, DECIDINDO PELA INTENSIFICAÇÃO DO POLÍCIA LEGAL E OUTRAS DELIBERAÇÕES.


Fotos:  Grupo do WhatsApp

Na tarde desta quinta-feira, dia 25, foi realizada mais uma assembléia geral das Associações Unidas no Instituto Histórico e Geográfico de Sergipe, contando com a participação da classe militar que lotou o auditório.

Durante a assembleia pode ser comprovada a insatisfação da tropa com a demora por parte do Governo do Estado em atender as principais reivindicações da categoria, quais sejam, a implementação do subsídio e a promoção por tempo de serviço (PTS), consoante o Governo já concedeu para a coirmã Polícia Civil.

Ao final da assembleia, ficaram deliberadas as seguintes decisões:

- Intensificação da operação "Polícia Legal".

- Retirada em massa das contas dos militares do Banco do Estado de Sergipe (BANESE), requerendo a portabilidade para outro banco a partir da próxima segunda.

- Durante o 07 de setembro a tropa trocará o desfile por uma caminhada juntamente com seus familiares que irão comparecer, mostrando para toda sociedade a situação pela qual passa a classe militar.

- Ato no restaurante Padre Pedro, os militares que atuam na capital usarão o valor do ticket de 8,00 para almoçar e adotar pessoas carentes no local, também a partir da próxima segunda.

- Entrega dos alimentos arrecadados na assembléia para as famílias dos policiais mortos no combate, que hoje passam necessidades.

- Intensificar abordagens a veículos do Estado e das Prefeituras, verificando os licenciamentos e condições dos mesmos.

Os polícias militares agirão extremamente dentro da legalidade da função.

- Viaturas em condições fora da normalidade e legalidade serão colocadas fora de serviço, como já está sendo feito, o que já está diminuindo o número de viaturas nas ruas, como informamos mais cedo.

- O pouco combustível não será motivo para diminuir o percurso do patrulhamento, se a viatura parar... parou

Tudo dentro da lei como deve ser...

Os militares continuarão mobilizados até o projeto de Subsidio e PTS esteja aprovado na Alese. Garantindo assim, como os demais servidores, um plano de carreira e salários destes trabalhadores que doam suas vidas diariamente pela paz social dos sergipanos.

Mobilize-se, participe e mude a sua historia.

Matéria do blog Espaço Militar (se copiar, favor citar a fonte)

JUSTIÇA PEDE INTERDIÇÃO PARCIAL DO PRESÍDIO DE NOSSA SENHORA DA GLÓRIA.

Presídio não pode receber outros presos.
Secretaria de Justiça ainda não se pronunciou sobre a interdição.

O juiz Hélio Mesquita Neto determinou nesta quinta-feira (25) a interdição parcial do Presídio Regional Senador Leite Neto, em Nossa Senhora da Glória.

De acordo com a decisão judicial, o presídio não pode receber novos presos, a não ser casos de transferências já determinadas ou autorizadas pelo próprio juiz.

Hélio Mesquita se baseou na falta de agentes penitenciários suficientes para garantir a ordem no presídio que abriga mais do dobro de presos do que sua capacidade suporta o que, segundo ele, facilitaria possíveis rebeliões.

O Presídio de Glória tem 177 vagas e atualmente abriga 419 presos sob responsabilidade de cinco guardas prisionais.

A Secretaria de Justiça ainda não se pronunciou sobre a interdição.

Outro Presídio

O estado de Sergipe recorreu ao Superior Tribunal de Justiça sobre a interdição do Complexo Penitenciário Dr. Manoel Carvalho Neto ( Copecan), em São Cristóvão, que já tinha sido determinada pela Justiça sergipana, mas o ministro Humberto Martins indeferiu o recurso e manteve a interdição.

Fonte:  G1 SE